OBTENÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E INCORPORAÇÃO DE FARINHA DE FOLHA DE CENOURA EM BOLO DE CHOCOLATE

Artigo principal Conteúdo

Eula Batista Rezende Pires
Jhenyfer Caroliny de Almeida
Rafael Porto Vieira
Sandra Regina Marcolino Gherardi

Resumo

Objetivou-se com esse trabalho elaborar a farinha de folha de desbaste de cenoura, incorporando-a em um bolo de chocolate, com posterior avaliação da composição química, microbiológica, mineral e potencial antioxidante da folha de cenoura in natura, da farinha de folha de cenoura e do bolo de chocolate incorporado de farinha de folha de cenoura. Foi realizada ainda, análise sensorial de ordenação preferência a partir de três formulações diferentes de bolo elaborado com a farinha de folha de cenoura em substituição à farinha de trigo em diferentes proporções A: 10%, B: 15% e C: 20% (p/p). Foi também aplicado o teste de simples diferença entre a amostra mais preferida no teste de ordenação preferência e uma amostra padrão, contendo 100% de farinha de trigo e 0% de farinha de folha de cenoura, com a finalidade de verificar se os julgadores percebiam ou não diferença no sabor das amostras. A farinha de folha de cenoura apresentou grande quantidade de proteínas, fibras e minerais, com destaque para o cálcio, ferro e potássio. A elevada temperatura, durante o preparo da farinha, foi efetiva na redução da carga microbiana, principalmente sobre o grupo de coliformes, além disso, a farinha apresentou significativa atividade antioxidante quando comparada à folha in natura. Com isso pôde-se verificar a viabilidade da incorporação de 15% da farinha de folha de cenoura na elaboração do bolo de chocolate, pois, mesmo apresentando diferença no sabor em relação à formulação padrão foi bem aceita nos testes sensoriais realizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Como Citar
EULA BATISTA REZENDE PIRES; JHENYFER CAROLINY DE ALMEIDA; RAFAEL PORTO VIEIRA; SANDRA REGINA MARCOLINO GHERARDI. OBTENÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E INCORPORAÇÃO DE FARINHA DE FOLHA DE CENOURA EM BOLO DE CHOCOLATE. Revista Científica Agropampa, v. 1, n. 1, p. 73-89, 1 jul. 2020.
Seção
Artigos