A A SEMIÓTICA SOCIAL E A MULTIMODALIDADE: UMA PROPOSTA DE ENSINO PARA ALUNOS SURDOS

Artigo principal Conteúdo

Tayana Dias de Menezes

Resumo

O presente artigo tem dois objetivos principais, primeiro: refletir sobre o conceito da multimodalidade dentro da Semiótica Social e segundo: propor um exemplo de aula de português escrito, sustentado pelos pressupostos teóricos revisados no artigo, para alunos surdos usuários da libras.  Para cumprir o primeiro objetivos, vamos discutir Kress e Leeuwen (2000; 2006); Dionísio (2014) e outros autores que se destacam dentro do tema abordado. Para cumprir o segundo objetivo, discutiremos, inicialmente, as particularidades dos sujeitos surdos e as metodologias de ensino mais adequadas para suprir as demandas educacionais deste sujeito. Alicerçados pela teoria e pela prática, em sala de aula, pretendemos elaborar uma proposta de ensino de português para surdos que seja flexível, ou seja, que possa servir como sustentáculo para variados temas e objetivos. Este artigo é, em parte, resultado dos trabalhos desenvolvidos pela atividade de extensão realizada pela UFPE sob o título: Ensino de língua portuguesa para surdos: estratégias didáticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Seção
Artigos