ASSOCIATIVISMO: UMA ANÁLISE DA ASSOCIAÇÃO DE TURISMO RURAL CAMINHOS DO MARRECAS DE FRANCISCO BELTRÃO/PR

Artigo principal Conteúdo

Flavia Regina Miecoanski
Andressa Carla Palavecini

Resumo

O turismo rural proporciona um contato das populações urbanas com a cultura e o dia a dia rural. Em ascensão no Brasil, esta atividade permite que o produtor rural obtenha um incremento à sua renda e permaneça no campo. Em Francisco Beltrão, algumas propriedades começaram a trabalhar com o turismo rural, e uniram forças em um grupo informal que mais tarde se formalizou através de uma associação. Esta pesquisa, teve como objetivo descrever a trajetória das atividades da Associação de Turismo Tural Caminhos do Marrecas. Este estudo caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa conduzida por meio de pesquisa documental e um estudo de caso. Foi realizada uma entrevista com perguntas abertas com três membros da associação e a extensionista da Emater, que foi a responsável pela criação da mesma. Como resultado, verificou-se como ocorreu a caminhada do grupo de turismo rural até constituir a Associação Caminhos do Marrecas, incluindo suas dificuldades, potencialidades e desafios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Como Citar
MIECOANSKI, F. R.; PALAVECINI, A. C. ASSOCIATIVISMO: UMA ANÁLISE DA ASSOCIAÇÃO DE TURISMO RURAL CAMINHOS DO MARRECAS DE FRANCISCO BELTRÃO/PR. Revista Estratégia e Desenvolvimento, v. 3, n. 1, 23 abr. 2020.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Andressa Carla Palavecini, Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Professora colaboradora do curso de Administração da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Mestre em Gestão e Desenvolvimento Regional pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2018). Pós-Graduada no MBA em Gestão Estratégica de Recursos Humanos pela Universidade Paranaense (2016). Pós-Graduada no MBA em Finanças e Controladoria pela Universidade Paranaense (2014). Graduada em Administração pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2012).