BUROCRACIA E PRÁXIS: UMA CRÍTICA À ORGANIZAÇÃO RACIONAL BUROCRÁTICA

Artigo principal Conteúdo

Luiza Damboriarena

Resumo

Este ensaio defende o argumento de que a burocracia como estrutura de dominação reprodutora das relações sociais capitalistas opera como força disciplinadora da práxis. Para tanto, o trabalho revisita a obra de Weber (2012), Economia e Sociedade, em seus conceitos de ação social e dominação, para compreender o que o autor define como dominação racional legal, que tem como quadro administrativo a burocracia. A burocracia é um sistema ordenado de mando e subordinação, que opera segundo critérios impessoais e métodos racionais. Suas características são próprias de uma racionalização intrínseca ao sistema de produção capitalista. Como estrutura de dominação que busca assegurar e salvaguardar o controle do capital sobre o corpo social, ela formaliza a prática para que opere mecanicamente. Assim, visto que ela se espalha para as mais diversas esferas da vida social, pois o grande conjunto de organizações que regem a sociedade segue o esse modelo, a práxis, como atividade social humana atrelada ao processo histórico e ao possível, se burocratiza e empobrece.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Como Citar
DAMBORIARENA, L. BUROCRACIA E PRÁXIS: UMA CRÍTICA À ORGANIZAÇÃO RACIONAL BUROCRÁTICA. Revista Estratégia e Desenvolvimento, v. 4, n. 1, 14 ago. 2020.
Seção
Artigos

Referências

FARIA, José H.; MENEGHETTI, Francis K. Burocracia como Organização, Poder e Controle. RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 51, n. 5, 2011, p. 437-438.

LEFEBVRE, Henri. Sociologia de Marx. Rio de Janeiro – São Paulo: Forense, 1968.

MARX, Karl. Crítica da filosofia do direito de Hegel. São Paulo: Boitempo, 2010.

MISOCZKY, Maria Ceci. Das práticas não-gerenciais de organizar à organização como meio e aprendizagem para a práxis da libertação. In: MISOCZKY, M. C.; FLORES, R. K.; MORAES, J. (Org.). Organização e práxis libertadora. Porto Alegre: Dacasa, 2010. p. 13-56.

MÉSZÁROS, István. Para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2002.

PRESTES MOTTA, Fernando Claudio. As Organizações Burocráticas e a Sociedade. Educação & Sociedade. Campinas, v. 1, n. 4, 1979.

______. O que é burocracia. São Paulo: Brasiliense, 1981.

PRESTES MOTTA, Fernando Claudio; BRESSER PEREIRA, Luiz C. Introdução à organização burocrática. São Paulo: Brasiliense, 1980.

TRAGTENBERG, Maurício. Burocracia e ideologia. São Paulo: Ática, 2006.

VÁZQUEZ, Adolfo Sanchez. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

WEBER, Max. Economia e sociedade. Brasília: Editora da UNB, 2012.