AGROINDÚSTRIA FAMILIAR E A CONSTRUÇÃO DE MERCADOS AUTÔNOMOS NA PERSPECTIVA ORIENTADA AO ATOR: O CASO DO MUNICÍPIO DE SÃO LOURENÇO DO SUL / RS - BRASIL

Artigo principal Conteúdo

Kátia Gislaine Baptista Gomes
Lúcio André de Oliveira Fernandes
Luciana Nunes Ferreira
Mário Conill Gomes

Resumo

O presente artigo se insere no debate da autonomia do agricultor familiar frente aos mercados e tem como objetivo analisar em que medida os agricultores interferem na dinâmica de comercialização dos seus produtos industrializados e constroem canais de comercialização mais autônomos. Para desenvolver esta análise, utilizou-se a Perspectiva Orientada aos Atores (POA), a técnica de coleta dos dados foi entrevista, a população foi composta por agricultores familiares rurais no município de São Lourenço do Sul/RS Brasil. A característica é de estudo de caso múltiplo, com abordagem qualitativa. Ao término, identificaram-se pelo menos três canais tradicionais de acesso a mercados: a) acesso direto, sobretudo no caso do mercado local (formal e informal) em que há uma relação direta entre produtor e consumidor; b) cadeias longas (entrega dos produtos em outros municípios); e c) compras por parte do poder público (compras institucionais). Para solucionar os problemas comuns, os empreendedores demonstraram a habilidade em se conectar com diferentes atores, consolidando canais de comercialização mais autônomos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Como Citar
BAPTISTA GOMES, K. G.; DE OLIVEIRA FERNANDES, L. A.; NUNES FERREIRA, L.; CONILL GOMES, M. AGROINDÚSTRIA FAMILIAR E A CONSTRUÇÃO DE MERCADOS AUTÔNOMOS NA PERSPECTIVA ORIENTADA AO ATOR: . Revista Científica Agropampa, v. 2, n. 2, 16 jul. 2019.
Seção
Artigos