Internet Presente, Dependência Eminente? Um Estudo com Universitários

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Liane Mora
Kathiane Benedetti Corso
Bibiana Giudice da Silva Cezar
Marina Valim Bandeira

Resumo

A democratização da informação e a amplitude da acessibilidade tecnológica que se vivencia, torna pertinente a inquisição sobre o comportamento e mudanças nos hábitos das pessoas em função da presença e uso da internet. Sendo assim, o objetivo geral da pesquisa é analisar os impactos causados pelo uso excessivo de internet na vida acadêmica e pessoal de universitários. Para tal utilizou-se do método misto realizado em duas etapas: a primeira, quantitativa, aplicando-se o Teste de Dependência de Internet em sua versão brasileira adaptada por Conti et al. (2012) com estudantes universitários. A segunda, qualitativa, a partir de uma entrevista com os cinco estudantes que apresentaram grau de dependência de moderado a grave. Pode-se perceber na fala dos universitários o desgaste em relacionamentos familiares em função do comportamento abusivo, distúrbios de sono, falta de percepção do tempo quando online, ansiedade e baixo rendimento no trabalho quando ausente a internet. Cabe ressaltar o não reconhecimento de alguns entrevistados como sendo dependentes, apesar de perceberem alterações comportamentais e problemas causados pelo uso excessivo desta em suas rotinas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MORA, L.; BENEDETTI CORSO, K.; GIUDICE DA SILVA CEZAR, B.; VALIM BANDEIRA, M. Internet Presente, Dependência Eminente? Um Estudo com Universitários. Revista Estratégia e Desenvolvimento, v. 1, n. 1, 17 jul. 2019.
Seção
Artigos