MEDEIA E O SEU DISCURSO NA TRAGÉDIA

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Darcylene Pereira Domingues Darcylene Pereira Domingues

Resumo

O presente trabalho se dedica a discutir a utilização de um discurso trágico no interior da tragédia Medeia de autoria de Eurípides no ano de 431 a. C. Nesse sentido, afirmamos inicialmente que a personagem feminina principal apresenta em diversos momentos da peça teatral um domínio sobre a deliberação de seus atos e principalmente o planejamento de suas atitudes contra Jasão. Além disso, Medeia também faz uso de dois tipos de fala: uma predominantemente feminina para conseguir a aproximação do Coro, formado pelas mulheres moradoras da cidade de Corinto, e uma fala de ação, que pode ser descrita como masculina e de reconhecimento. Portanto, nosso interesse é analisar o discurso de Medeia e o seu lógos durante a encenação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DARCYLENE PEREIRA DOMINGUES, D. P. D. MEDEIA E O SEU DISCURSO NA TRAGÉDIA. Alétheia - Estudos sobre Antiguidade e Medievo , v. 1, n. 1, p. 11, 28 fev. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos do (s) mesmo (s) autor (es)