MEMÓRIAS DE UMA MULHER: CONTRIBUIÇÕES NA FORMAÇÃO EM ARTES VISUAIS

Artigo principal Conteúdo

Carolina Alexandre da Mota
Maria Betânia e Silva

Resumo

O texto busca investigar memórias de uma mulher que contribuíram para o processo de formação artística de sua própria filha que na juventude optou pela formação superior em Artes Visuais. Como percurso metodológico seguimos a trilha da pesquisa qualitativa e dentro dela a pesquisa narrativa, pois nos possibilita abrir possibilidades para revisitar as próprias histórias. Além disso, a pesquisa narrativa provoca inquietações na forma de compreender-se como sujeito no mundo e é o próprio sujeito quem organiza e narra a experiência na perspectiva de um inventário do vivido. O estudo mostra que a memória é mais do que o ato de visitar o passado, de trazer à tona as lembranças, é uma forma de reforçar os laços que estavam empoeirados, sentir conexões fortes, mas que estavam sendo esquecidas que é também o território de recriação e de reordenamento da existência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Como Citar
CAROLINA ALEXANDRE DA MOTA; MARIA BETÂNIA E SILVA. MEMÓRIAS DE UMA MULHER: CONTRIBUIÇÕES NA FORMAÇÃO EM ARTES VISUAIS. Missões: Revista de Ciências Humanas e Sociais, v. 6, n. 4, p. 18-34, 29 abr. 2021.
Seção
Artigos

Referências

ADICHIE, Chimamanda Ngozi. O perigo de uma única história. Disponível em: https://www.ted.com/talks/chimamanda_ngozi_adichie_the_danger_of_a_single_story Acessado em: 14/01/2020.

BARTHES, Roland. A Câmara Clara Notas Sobre a Fotografia. Ed: Nova Fronteira: Rio de Janeiro,1984.

BONDÍA, Jorge Larrosa. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf?origin=publication_detail Acessado em: 15/07/2018.

BOSI, ÉCLEA. O tempo vivo da memória: ensaios de psicologia social. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003.

BUENO, K. Os Processos Sociais de Constituição das Habilidades. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, v. 18, n. 2, p. 47-53, 1 ago. 2007. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rto/article/download/14006/15824/ Acessado em: 30/04/2020.

CAMILLIS, Lourdes Stamato de. Criação e docência em arte. Araraquara: JM Editora, 2002.

CANTON, Katia. Narrativas Enviesadas. Ed: WMF Martins Fontes: São Paulo. 2009.

CANTON, Katia. Tempo e Memória. Ed: WMF Martins Fontes: São Paulo. 2009.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da Caixa Preta. Ed. Hucitec: São Paulo. 1985. Disponível em: http://www.iphi.org.br/sites/filosofia_brasil/Vil%C3%A9m_Flusser_-_Filosofia_da_Caixa_Preta.pdf Acessado em: 10/01/2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. Ed: Vértice. São Paulo, 1990.

MANGUEL, Alberto. Lendo Imagens: uma história de Amor e Ódio. Ed: Companhia das Letras, São Paulo. 2001.

MARTINS, R.; TOURINHO, I.; SOUZA, E.C. (Org) Pesquisa Narrativas: Interfaces entre histórias de vida, arte e educação. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2017.
OSTROWER, Fayga. Criatividade e Processo de Criação. Petrópolis: Ed. Vozes, 2016.