A Demonização de Conhecimentos e sua relação com a Heresia a partir de dois Manuais de Inquisição dos séculos XIV e XV

Artigo principal Conteúdo

Eduardo Leote

Resumo

O final do período medieval foi tempo de uma intensa mobilização da cristandade, capitaneada pela Igreja Católica, contra supostos inimigos internos. É neste momento que se reforça o que significa ser um bom cristão, e a esta imagem construída dos seguidores de Cristo se opõe sua sombra distorcida, aqueles que fogem do padrão, os desviantes. Os principais grupos que podemos enquadrar nesta categoria, e que se tornaram o principal alvo da Igreja no período, foram as bruxas e os hereges. O presente trabalho apresenta uma breve análise sobre este último grupo, buscando compreender o que de fato eram as heresias, qual sua relação com a figura do Demônio e como podemos compreendê-la a partir da discussão sobre o conhecimento no período.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do Artigo

Como Citar
LEOTE, E. A Demonização de Conhecimentos e sua relação com a Heresia a partir de dois Manuais de Inquisição dos séculos XIV e XV. Alétheia - Estudos sobre Antiguidade e Medievo , v. 1, n. 1, p. 11, 30 abr. 2021.
Seção
Artigos