ARTE E SAÚDE POPULAR NAS SOCIEDADES DE CONSUMO: POTENCIALIZANDO AFETIVIDADE/CRÍTICA ATRAVÉS DE GRUPOS DE ESTUDOS

  • Luiza Sbrissa
  • Adriane Rubio Roso
Rótulo Psicologia, Social, Saúde, Educação, Popular, Arte

Resumo

Através da arte e da dialogiciadade objetivamos problematizar o objeto saúde via potencialização da afetividade e da crítica à sociedade em um grupo de estudantes de iniciação científica e de mestrado e, na seqüência, implementar a Tenda da Expressão: Movimentando Arte e Saúde Popular. O presente trabalho objetiva apresentar os resultados do projeto produzidos até o momento. Trata-se de um projeto de extensão, sustentado na proposta de educação Freireana e orientado nos princípios do diálogo, da amorosidade, da problematização, da construção compartilhada do conhecimento, da emancipação; e compromisso com a construção do projeto democrático e popular, coerentes com a Política Nacional de Educação Popular em Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (PNEPS-SUS). No momento, estão em andamento os grupos com os estudantes de iniciação científica, mediados pelos estudantes de mestrado, uma experiência que tem se mostrado enriquecedora para todos os envolvidos. Logo, os resultados que estão sendo produzidos no projeto de extensão, estão em sintonia com o nosso planejamento e nossas expectativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-12
Como Citar
SBRISSA, L.; RUBIO ROSO, A. ARTE E SAÚDE POPULAR NAS SOCIEDADES DE CONSUMO: POTENCIALIZANDO AFETIVIDADE/CRÍTICA ATRAVÉS DE GRUPOS DE ESTUDOS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 7, n. 4, 12 fev. 2020.