FORMAÇÃO COLABORATIVA NA GESTÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL: DISCUSSÕES E REFLEXÕES DAS POLÍTICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS

  • Valéria Borba
  • Bento Selau Da Silva Junior
Rótulo Formação, colaborativa, políticas, públicas, educação, inclusiva, Vigotsky

Resumo

Resumo: O trabalho apresentado refere-se a um estudo oriundo de um relatório critico-reflexivo do curso de mestrado profissional em educação da Universidade Federal do Pampa- campus Jaguarão, onde a temática do estudo concentrou-se na formação colaborativa de gestores sobre as políticas públicas na área da educação inclusiva. O estudo apresentou como objetivo planejar e implementar um processo de formação colaborativo de gestores de duas escolas, baseado no referencial vygotskiano e centrado no estudo e na discussão das políticas públicas voltadas à educação inclusiva. A metodologia utilizada foi a intervenção pedagógica constituída por discussões colaborativas sobre as políticas públicas de educação inclusiva baseadas nos interesses específicos dos participantes e apoiadas em estudo de casos. Em termos das aprendizagens dos participantes, os dados revelaram que houve apropriação dos aspectos legais pelos gestores. A esse aspecto, os participantes revelaram que a formação baseada no trabalho colaborativo sugeriu uma melhor apropriação dos conceitos referentes às políticas públicas de educação inclusiva e a identificação do grupo de gestoras com a formação que trabalhou na perspectiva de trabalho colaborativo. O estudo é um indicativo de que as formações com base nos conceitos de colaboração são constituídas como possibilidades de interações e construção de aprendizagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-12
Como Citar
BORBA, V.; SELAU DA SILVA JUNIOR, B. FORMAÇÃO COLABORATIVA NA GESTÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL: DISCUSSÕES E REFLEXÕES DAS POLÍTICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 7, n. 4, 12 fev. 2020.