PRÁTICAS TEXTUAIS EM SALA DE AULA: UM CAMINHO PARA O RESGATE E CONSOLIDAÇÃO DE SABERES

  • Susane Rodrigues
  • Vitor Hugo Chaves Costa
Rótulo APRENDIZAGEM, SIGNIFICATIVA, CIDADANIA, INTERAÇÃO, PRODUÇÃO, TEXTUAL, SOCIOINTERACIONISTA

Resumo

O uso em sala de aula de práticas linguísticas significativas, as quais envolvem reflexões acerca de nosso meio sociocultural, de nossas vivências e de nossas interações linguísticas, pode ser uma ferramenta inovadora para modificar e reestruturar nosso entorno linguístico-cultural. O presente trabalho objetiva discutir sobre práticas textuais como fomentadoras na construção de seres reflexivos, pensantes dentro e fora das unidades escolares. Busca-se, dessa forma, refletir a respeito da formação de pessoas críticas como condições de analisar a sociedade e produzir ações para melhorá-la. Esta pesquisa tem como suporte teórico os estudos realizados por pesquisadores que pensam a educação sob a ótica sociointeracionista como Marcuschi, Koch, Bakthin, Franchi e Freire, assim sendo, tal trabalho teve por base a pesquisa bibliográfica, com consulta em materiais dos referidos autores. Logo, a partir das pesquisas é possível supor que textos empregados em autênticas práticas textuais, em âmbito pedagógico, podem formar sujeitos críticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-12
Como Citar
RODRIGUES, S.; HUGO CHAVES COSTA, V. PRÁTICAS TEXTUAIS EM SALA DE AULA: UM CAMINHO PARA O RESGATE E CONSOLIDAÇÃO DE SABERES. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 7, n. 4, 12 fev. 2020.