A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS E VÍDEOS NA EDUCAÇÃO

  • Emerson da Fonseca
  • Carlos Emilio Padilla Severo
Rótulo ensino, história, redes, sociais, vídeo

Resumo

De um modo geral, as tecnologias na escola ainda esbarram em determinados preconceitos e barreiras estruturais, desde os poucos investimentos por parte dos governos até o desinteresse dos profissionais da educação no uso para apoio em práticas de ensino sala de aula. As barreiras engessam o entendimento dos processos históricos criando um contexto carregado de mitos, que não contribuem para a qualificação do conteúdo. Além disso, os estudantes devem estar inseridos como agentes dinâmicos e não como mero espectadores no desenvolvimento de suas aprendizagens. Os processos históricos, em constante movimento, devem ser acompanhados pelo estudante. Neste caso, a combinação de mídias sociais com o vídeo pode ser uma alternativa relevante como instrumentos pedagógicos no processo de ensino e aprendizagem. Dessa forma, este texto descreve um trabalho investigativo, envolvendo uma prática educativa realizada com estudantes do Ensino Fundamental da Escola Afonso Vizeu da cidade de Pelotas. O objetivo do trabalho foi investigar o impacto da inserção de vídeos e o Facebook como instrumentos pedagógicos na aprendizagem em sala de aula, observando suas influências e benesses no espaço escolar. Com isso, buscando-se mostrar aos estudantes alternativas para desenvolvimento do conhecimento e a contribuição destes no despertar da importância dos saberes no campo de História. Os efeitos da combinação de vídeos e redes sociais na educação e a forma de utilização de mídias no ambiente escolar podem contribuir positivamente no ensino aprendizagem do conteúdo de história, pois as mídias representam um meio de aproximação dos estudantes com o conhecimento, auxiliando na assimilação dos conteúdos em sala de aula. No aspecto metodológico, o trabalho envolveu uma pesquisa qualitativa com base em um estudo de caso. O estudo de caso envolveu uma prática educativa organizada nas seguintes atividades: (a) os alunos foram organizados em grupos os quais realizaram registros em vídeos sobre os temas abordados em aula; (b) os alunos realizaram a produção de um vídeo dramatizando conceitos abordados; (c) os vídeos produzidos foram postados em um grupo no Facebook onde foi promovido um fórum de discussões. Como contribuição do trabalho, demonstrou-se que a utilização das mídias como ferramentas de uso educacional gera maiores e melhores possibilidades de ensino em sala de aula. Pelos resultados apresentados, cabe destacar a forma de com que se configura o uso das mídias que deve ser de maneira organizada e metódica, mediada, gerando qualidade historiográfica primando pela concisão e clarificação, objetivando a efetivação de uma aula de história questionadora e reflexiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-12
Como Citar
DA FONSECA, E.; EMILIO PADILLA SEVERO, C. A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS E VÍDEOS NA EDUCAÇÃO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 7, n. 4, 12 fev. 2020.