PRODUTOS DE PCR COM EXTREMIDADES MODIFICADAS COM LIGAÇÕES FOSFOROTIOATO REDUZEM A DEGRADAÇÃO POR EXONUCLEASES

  • Luiz de Resende
  • Helber Barboza Pinto
  • Andres Delgado Canedo
Rótulo Vetores, gênicos, DNAnu, terapia, gênica, DNAse, fosforotioatos

Resumo

A terapia gênica está baseada na transferência gênica com objetivo terapêutico. O estudo da terapia gênica pode ser distribuído em duas áreas: uma que visa a utilização de genes terapêuticos para o tratamento de doenças específicas e outra que procura aperfeiçoar os mecanismos que permitem a transferência destes genes para o interior das células alvo do tratamento. Dentro da área que procura aperfeiçoar os métodos de transferência gênica, um dos principais objetivos a serem alcançados é proteger o material genético contra a ação das nucleases, enzimas presentes tanto no meio extracelular quanto no interior das células. O objetivo deste trabalho foi modificar a natureza da composição do DNA com nucleotídeos fosforotioatos para evitar a ação destas nucleases sobre o DNA exposto. Para isso, foi realizada a produção de moléculas de DNA modificadas com fosforotioatos a partir da amplificação de DNA por PCR usando primers constituídos completamente por bases modificadas do tipo fosforotioato ou primers híbridos contendo 20 bases fosfodiéster mais 4 bases fosforotioatos modificadas na extremidade 5. Estes produtos de PCR foram expostos à ação de extrato de células da linhagem K562 durante 0, 30 e 60 minutos. Nossos dados preliminares sugerem um aumento da estabilidade dos vetores modificados em comparação com os vetores não modificados. Portanto concluímos que, o DNA com extremidades modificadas com ligação fosforotioato, poderia proteger o DNA fazendo com que este fique menos suscetível a ação de exonucleases. Este estudo reforça a importância destes resultados para utilização de DNA com extremidades modificadas fosforotioato para a utilização como ferramenta de terapia gênica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-02-12
Como Citar
DE RESENDE, L.; BARBOZA PINTO, H.; DELGADO CANEDO, A. PRODUTOS DE PCR COM EXTREMIDADES MODIFICADAS COM LIGAÇÕES FOSFOROTIOATO REDUZEM A DEGRADAÇÃO POR EXONUCLEASES. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 7, n. 4, 12 fev. 2020.