USO DA TECNOLOGIA PARA ESTIMULAR A ADOÇÃO RESPONSÁVEL DE ANIMAIS EM URUGUAIANA

  • Jade Pellenz
  • Vitória da Silva Terra
  • Jose Urbano Alves Junior
  • Talita Freitas Alves
  • Lorena Stephany Bezerra Alves
  • Daniela dos Santos Brum
Rótulo Tecnologia, Guarda, responsável, Aplicativo

Resumo

O projeto quatro patas do grupo PET Veterinária atua na extensão universitária desde 2013, o mesmo já abordou questões de guarda responsável, zoonoses e bem-estar animal por meio de eventos de adoção, inquéritos epidemiológicos, palestras em escolas e participação em feiras. Porém, devido a pandemia da COVID-19 e a impossibilidade de fazer eventos ou ter contato com a comunidade, o grupo PET criou um aplicativo para Smartphones para otimizar o processo de adoção de animais em parceria com o projeto voluntário Cãopanha. Essa ferramenta foi criada como uma estratégia para conscientizar a população da importância da guarda responsável e estimular a adoção de animais, já que a cidade de Uruguaiana tem um alto índice de cães errantes e doenças zoonóticas, como por exemplo, a Leishmaniose. Sabe-se que animais errantes são uma demanda de saúde pública devido ao risco de transmissão de zoonoses, causas de acidentes e predação da fauna. Portanto, a guarda responsável de animais junto a castração são eficazes para diminuir essa problemática. Objetiva-se com esse trabalho apresentar os resultados do aplicativo de celular Pet Adopt. O Aplicativo foi desenvolvido pela plataforma Expo utilizando o VS Code para criar os códigos e a linguagem foi feita por meio do React Nature em parceria com um aluno de engenharia da computação da UNIFEI. Após o processo de desenvolvimento, o Pet adopt foi disponibilizado na Play Store para o sistema Android. O software tem um feed com todos animais disponíveis para adoção com fotos, características físicas e comportamentais. As telas de interação são bem intuitivas e de fácil acesso. Porém é necessário fazer um breve cadastro no aplicativo e concordar com os termos de guarda responsável antes de ter acesso ao feed com os animais. O processo de divulgação foi feito através das mídias sociais do grupo PET veterinária e também no site, revista institucional da Unipampa e jornais de Uruguaiana-RS. O Pet Adopt foi lançado oficialmente no dia nove de agosto de 2021, desde então foi instalado em 42 dispositivos e tem 45 usuários cadastrados. O grupo pretende aumentar o número de usuários disponibilizando o aplicativo para o sistema IOS e também ampliar a campanha de divulgação. Além disso, já houve uma pessoa interessada em adotar pelo aplicativo. Após a pessoa demonstrar interesse em adotar, recebe uma visita da responsável pela Cãopanha para verificar se o possível adotante tem condições de suprir as necessidades do animal e dessa forma já o conscientizar sobre a guarda responsável de animais de estimação. O processo de adoção só é finalizado após essa visita. Também é possível acompanhar o trabalho do projeto voluntário Cãopanha pelo aplicativo, pois o Pet Adopt possui uma ferramenta para redirecionar até o Instagram do projeto e assim dar mais visibilidade. Ademais, o Pet Adopt também funciona como uma importante ferramenta de visualização dos cães que estão disponíveis para adoção no projeto Cãopanha porque devido ao grande número de postagens no Instagram do Cãopanha fica difícil identificar quais animais estão disponíveis. Portanto, o aplicativo além de otimizar o processo de adoção também ajuda na organização do Cãopanha. Conclui-se que o aplicativo é uma ferramenta tecnológica eficaz para dar visibilidade aos animais do projeto voluntário Cãopanha. Ainda é esperado um aumento no número downloads e adoções pelo aplicativo, e, para isso, o grupo PET irá continuar trabalhando na campanha de divulgação do Pet Adopt para aumentar a quantidade de usuários e possíveis tutores responsáveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
PELLENZ, J.; DA SILVA TERRA, V.; URBANO ALVES JUNIOR, J.; FREITAS ALVES, T.; STEPHANY BEZERRA ALVES, L.; DOS SANTOS BRUM, D. USO DA TECNOLOGIA PARA ESTIMULAR A ADOÇÃO RESPONSÁVEL DE ANIMAIS EM URUGUAIANA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.