PROJETO DE EXTENSÃO

  • Gabriella Ribeiro Vaz da Costa
  • Maria Clara de Oliveira Pereira
  • Erick Candiota Souza
  • Graciela Marques Suterio
  • Paulo de Souza Junior
  • Amarilis Diaz de Carvalho
Rótulo Animais, silvestres, Bioma, Pampa, Educação, ambiental

Resumo

As espécies da ordem Carnivora são fundamentais para os ecossistemas. Entretanto, sua conservação é frequentemente ameaçada por fatores ecológicos, econômicos e culturais. O projeto de extensão Conhecendo os Carnívoros do Pampa tem como temática a diversidade de espécies carnívoras que habitam o bioma, a necessidade de conservação destas espécies e o impacto dos atropelamentos de fauna nas rodovias. O objetivo deste resumo é relatar resultados parciais e percepções do projeto no ano de 2019. Foram realizadas visitas em três escolas municipais de Uruguaiana-RS e em uma escola do distrito de Rosário do Sul-RS, ambas para alunos do ensino fundamental. Nestas, foram realizadas apresentações expositivas e dialogadas e atividades com exibição do acervo do Laboratório de Anatomia Animal, abordando os temas-chave do projeto. Durante as palestras, interagiu-se com a plateia e formularam-se perguntas acerca de conhecimento prévio sobre as espécies carnívoras. As escolas de Uruguaiana eram localizadas na zona urbana, e as apresentações abrangeram trezentos alunos do sexto, sétimo e oitavo anos, com faixa etária entre doze a quinze anos. Nas escolas em área urbana, a grande maioria não conhecia nenhuma espécie carnívora e, quando sabiam, alegavam terem visto em zoológicos ou ouvido relatos de parentes. Para este grupo, o principal motivo de os animais entrarem em risco de extinção eram os atropelamentos nas rodovias. A escola do distrito de Rosário do Sul era localizada em ambiente rural e, no dia da visita, estavam presentes vinte alunos que cursavam entre o sexto e sétimo ano, na faixa etária de doze a setenta anos. Durante a apresentação, foram realizados os mesmos questionamentos, mas as respostas foram divergentes: acerca de conhecimento prévio da fauna silvestre, a maioria afirmou ter tido contato com pelo menos duas das espécies apresentadas. Para estes alunos, a caça ilegal era a principal ameaça para as espécies. Na maioria dos relatos, seus familiares praticam ou praticaram caçadas sob a alegação de eliminar a predação de suas criações de ovinos ou aves. Nenhum deles alegou ter testemunhado atropelamentos, mas foi citada a presença dos espécimes silvestres em suas propriedades. Pela percepção da equipe executora do projeto, os moradores da zona rural foram aqueles com melhor condição de reconhecer as espécies silvestres, pois as mesmas fazem parte do seu cotidiano. No entanto, por vezes, o conhecimento está restrito a relatos que passam entre gerações. Em contrapartida, entre os alunos da zona urbana observou-se admiração pelas espécies exóticas, como tigres e leões, mas desconhecimento sobre a fauna local. As apresentações foram relevantes para o trabalho de conscientização ambiental e aprendizado das crianças. Para os discentes universitários da equipe executora do projeto, as experiências promovidas foram importantes para melhorar a capacidade de se expressar em público e permitiram uma reflexão sobre distintas realidades escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
RIBEIRO VAZ DA COSTA, G.; CLARA DE OLIVEIRA PEREIRA, M.; CANDIOTA SOUZA, E.; MARQUES SUTERIO, G.; DE SOUZA JUNIOR, P.; DIAZ DE CARVALHO, A. PROJETO DE EXTENSÃO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.