PROJETO MONITORIA PARA INCLUSÃO DIGITAL: REFLEXÕES ACERCA DO MOODLE NA UNIPAMPA SÃO GABRIEL

  • Cassiano Molinari Gomes
  • Leonardo Gomes Pereira
  • Melise Peruchini
Rótulo Moodle, Inclusão, digital, Objeto, aprendizagem

Resumo

Diante de visíveis avanços tecnológicos e de indícios de expansão do ensino à distância na sociedade contemporânea, torna-se fundamental refletir sobre a temática. A portaria Nº 4.059/2004 trata da disponibilização de componentes curriculares na modalidade semipresencial, desde que esta oferta não ultrapasse 20% da carga horária total do curso, entretanto, a portaria 1428/2018 versa sobre a possibilidade de que a oferta de componentes à distância seja de 40% (BRASIL, 2010-2018). Na Unipampa, uma das ações que apoiam a utilização de ambientes virtuais se deu através dos editais de Monitoria para Inclusão Digital, que aborda a necessidade de auxiliar a comunidade acadêmica em processos de inclusão digital e tem, como um dos objetivos, a oferta de monitoria para uso do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Moodle. Portanto, possibilitar à comunidade acadêmica o usufruto dos seus benefícios foi uma das atividades desenvolvidas no campus São Gabriel, unidade que abordamos neste estudo. Cabe ressaltar, também, o aspecto do impacto ambiental, pois, o Moodle não só possibilita a redução do consumo de energia elétrica, através de aulas semipresenciais, mas também é capaz de proporcionar a redução da produção de fotocópias e impressões em papel por meio dos materiais digitais que podem ser dispostos na plataforma, que vai ao encontro da campanha Economizar energia elétrica não custa nada que busca incentivar consumo racional na universidade, tendo como meta, a redução do consumo de energia elétrica em 20%. A monitoria realizada na Unipampa campus São Gabriel, no período de julho de 2018 até dezembro de 2018, com utilização do laboratório de informática, proporcionou atendimento os docentes para a apresentação da plataforma e criação de disciplinas, assim como auxiliou discentes no acesso, navegação e utilização do Moodle. Os dados coletados através de análise da própria plataforma e de avaliações da proposta pelos usuários (docentes e discentes) apontam para o crescimento da utilização do Moodle no âmbito do campus São Gabriel. Acerca dessas informações, é possível analisar e refletir sobre as contribuições do projeto no campus. Observando que foi possível promover o acesso a plataforma com maior facilidade pelo corpo acadêmico, de maneira a obter os benefícios que o ambiente virtual de aprendizagem proporciona, consideramos que o projeto e atuação foram bem sucedidas e devem ser cada vez mais estimuladas, tanto para se adequar à possíveis mudanças no contexto educacional e tecnológico, quanto para apoiar a inclusão digital como um todo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
MOLINARI GOMES, C.; GOMES PEREIRA, L.; PERUCHINI, M. PROJETO MONITORIA PARA INCLUSÃO DIGITAL: REFLEXÕES ACERCA DO MOODLE NA UNIPAMPA SÃO GABRIEL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.