GEOPARQUES: INCENTIVANDO O GEOTURISMO NA REGIÃO DE CAÇAPAVA DO SUL/RS

  • Giovanna Santos
  • Vinicius Nunes Cardoso de Pinho Tavares
  • Samara Capitol da Silva
  • Rafaela Rios
  • Juliana Young
  • Lennon Melo Ilha
Rótulo Palavras-chave, Educação, ambiental, Geodiversidade, Geomonumento

Resumo

GEOPARQUES: INCENTIVANDO O GEOTURISMO NA REGIÃO DE CAÇAPAVA DO SUL/RS Resumo Geoparques são caracterizados por reunir uma geodiversidade, materializada através de geomonumentos, ou seja, ocorrências geológicas de grande importância cultural, pedagógica, científica e turística, o que reflete no desenvolvimento da região. Desta forma, o município de Caçapava do Sul, no Estado do Rio Grande do Sul, mostra-se com grande potencial, posto que possui diversificado patrimônio geológico que, inclusive, conferiu à cidade o título de Capital Gaúcha da Geodiversidade. Suas belas paisagens, por exemplo, nas Guaritas, Pedra do Segredo e Cascata do Salso, detêm ampla gama de rochas, feições estruturais, fósseis como o Megatherium Americanum (Preguiça Gigante) e mineralizações com potencial extrativo, atraindo diversas empresas de mineração para a região. Buscando-se incentivar outros tipos de empreendimentos menos impactantes ao ambiente e que trará riquezas ao município, o projeto visa promover o geoturismo, possibilitando um grande número de visitantes por mês. O projeto Geoparque busca preservar os geomonumentos, através da instauração de uma identidade ambiental, começando pelas crianças da região. Assim, as atividades vêm sendo realizadas com alunos do 6º ano das escolas municipais. Neste projeto-piloto dividiu-se os participantes em dois grupos: A e B. Sendo A, o grupo morador de uma zona mais carente e B, moradores do centro. Realizou-se as mesmas atividades com os dois grupos, que consistiu na apresentação do projeto Geoparque, posteriormente mostrando fotos de locais do município degradados ambientalmente, assim, instigando-se o debate entre os mesmos e a construção conjunta de solução. Como resultado, o grupo A se mostrou engajado, com grande entusiasmo, desempenho satisfatório, principalmente no que diz a respeito às soluções apresentadas. O grupo B, mostrou menor engajamento e entusiasmo, com pouca criatividade nas soluções propostas para contornar a problemática. Com isso, conclui-se que a educação ambiental aplicada, deve ser mais disseminada no município, abrangendo todos os bairros, para isso, a melhor forma é por meio da construção do conhecimento nas escolas, atingindo aos alunos participantes e, consequentemente, também as suas famílias. O projeto alcançou o objetivo de estimular os alunos em participar de soluções para os problemas ambientais, através de pequenas mudanças de atitude individuais, que somadas têm o desafio de modificar a realidade e intensificar o turismo. Palavras-chave: Educação ambiental. Geodiversidade. Geomonumento

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
SANTOS, G.; NUNES CARDOSO DE PINHO TAVARES, V.; CAPITOL DA SILVA, S.; RIOS, R.; YOUNG, J.; MELO ILHA, L. GEOPARQUES: INCENTIVANDO O GEOTURISMO NA REGIÃO DE CAÇAPAVA DO SUL/RS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.