PERSPECTIVA DE FUTURO DOS ESTUDANTES DO CURSO BICT DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

  • Stella Bonorino Pazetto
  • Thainan de Souza de Souza
  • Renato Romero de Azevedo
  • Alison Fernando Jeronymo Eduardo
  • Pedro Emanuel Peres Diani
  • Vinicius Piccin Dalbianco
Rótulo Cursos, interdisciplinares, Iniciação, acadêmica, Conhecimento

Resumo

Os bacharelados interdisciplinares abrangem as grandes áreas do conhecimento, possibilitando aos estudantes prorrogar sua escolha por mais três anos e apenas ao final desse período optar por uma área específica e é nesse momento que surge a opção do chamado segundo ciclo. Neste sentido, o objetivo do trabalho foi avaliar e categorizar os perfis de estudantes ingressantes do BICT e suas perspectivas de futuro no curso. O tipo de pesquisa utilizada para esse trabalho foi a pesquisa exploratória e foram aplicados questionários para duas turmas ingressantes do curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciências e Tecnologias (BICT) totalizando setenta e oito (78) estudantes da Universidade Federal do Pampa - Campus Itaqui, contendo doze (12) questões de múltipla escolha e uma (1) dissertativa. Posteriormente, avaliou-se apenas a questão dissertativa O que lhe motivou a fazer o BICT?, onde houve o trabalho de categorização da mesma em treze (13) categorias. Sendo elas: mercado de trabalho; segundo ciclo; interdisciplinaridade; escolha da área de formação; tempo de graduação; nota do Enem; reopção de curso; diploma de graduação; indicação; horários das aulas; curso em Itaqui; identidade com o curso; aprimorar área do conhecimento. A partir da análise dos dados, gerou-se um gráfico em formato de pizza contendo as porcentagens de cada categoria. Dentre as 13 categorias observou-se que três delas se sobressaíram entre os estudantes, onde 33% dos discentes afirma ter preferência em seguir para o segundo ciclo, 15% alega ter escolhido o curso para aprimorar uma área do conhecimento e 12% afirmam que optaram devido à possibilidade de escolher uma área de formação. Por meio dos dados obtidos, observou-se que a busca pelo segundo ciclo ganhou destaque entre os acadêmicos, pois foi a categoria com o maior número de citações. Isso evidencia o grande reconhecimento rente às oportunidades que os cursos Interdisciplinares dispõem aos estudantes. Ainda, a universidade, baseando-se nesses dados pode se tornar uma facilitadora do acesso ao segundo ciclo, por exemplo, aos interessados em dar continuidade nos estudos e procurar novas formas de incentivo aos discentes para que os mesmos não desistam antecipadamente do curso, como o exemplo da modificação da resolução nº 29/2011 em 2018, a qual trata das normas básicas de graduação, controle e registro das atividades acadêmicas, onde a Universidade Federal do Pampa obriga todos os cursos a reservarem vagas para estudantes do BICT que desejarem fazer o segundo ciclo. Sendo assim, os Bacharelados Interdisciplinares como o BICT se tornam uma ótima alternativa para esses ingressantes no meio acadêmico, devido a sua pluralidade em áreas do conhecimento. Além disso, o tempo reduzido do curso e a possibilidade de realizar o segundo ciclo, tendo vagas garantidas dentro da universidade, acrescentam ao curso um grande potencial de perspectivas para o futuro profissional desses estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
BONORINO PAZETTO, S.; DE SOUZA DE SOUZA, T.; ROMERO DE AZEVEDO, R.; FERNANDO JERONYMO EDUARDO, A.; EMANUEL PERES DIANI, P.; PICCIN DALBIANCO, V. PERSPECTIVA DE FUTURO DOS ESTUDANTES DO CURSO BICT DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.