COMPARAÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA EM ALUNOS DE UMA ESCOLA ESTADUAL

  • Leonardo Martins Riella
  • Maria Eduarda Fagundes Ferreira
  • Nelson Francisco Serrao Junior
Rótulo frequência, cardíaca, índice, massa, corporal, escolares, fisioterapia

Resumo

Introdução: o Índice de Massa Corporal (IMC) é o cálculo que avalia o peso do indivíduo em relação à sua altura e suas alterações podem ser classificadas como baixo peso e sobrepeso. A obesidade e desnutrição, resultantes deste índice, são importantes fatores que podem levar à problemas cardiovasculares, sendo por esse motivo importante a avaliação deste. A alteração do IMC pode acarretar em uma frequência cardíaca (FC) anormal tendo como consequência uma série de riscos à saúde, em especial nessa faixa etária jovem. Objetivo: comparar a FC de indivíduos com IMC adequado em relação a de indivíduos com IMC não adequado em uma escola estadual da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Metodologia: foram recrutados 201 indivíduos, sendo 91 do sexo masculino e 110 do sexo feminino, do 5º ao 9º ano de uma escola estadual. Na avaliação foram coletados os seguintes dados: idade, peso, altura e frequência cardíaca, sendo calculado o IMC de acordo com peso e altura, classificado em relação à idade e conforme os dados do Ministério da Saúde. Resultado e discussão: destes 201 indivíduos avaliados, 133 (66,16%) apresentaram IMC adequado, sendo 61 do sexo masculino (45,86%) e 72 (54,13%) do sexo feminino e a média da FC desses indivíduos foi de 83,4bpm. Nos demais 68 indivíduos (33,83%) foi constatado alteração no IMC (baixo peso e sobrepeso) sendo 30 do sexo masculino (44,11%) e 38 do sexo feminino (55,88%), onde 51(75%) apresentaram sobrepeso, sendo a média da FC desses indivíduos de 91bpm, os 17(25%) alunos restantes apresentaram baixo peso, a média da FC foi de 85,1bpm. Conclusão: os resultados evidenciam elevação na FC dos indivíduos com baixo peso e uma elevação mais acentuada na FC de indivíduos com sobrepeso. Assim, sugerindo que indivíduos com sobrepeso possuem uma maior probabilidade e tendência em aumentar a FC, podendo no futuro, aumentar a sobrecarga cardiovascular.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
MARTINS RIELLA, L.; EDUARDA FAGUNDES FERREIRA, M.; FRANCISCO SERRAO JUNIOR, N. COMPARAÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA EM ALUNOS DE UMA ESCOLA ESTADUAL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.