PROMOÇÃO DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA ATENÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL

  • Évelen Copello de Oliveira
  • Karine Diehl Pinheiro
  • Marcelli Evans Telles dos Santos
  • Andressa Silva Tavares
  • Liliane Ribeiro Trindade
  • Carla Pohl Sehn
Rótulo Promoção, saúde, Dieta, saudável, Atenção, primária

Resumo

A Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), atualizada em 2017, tem como objetivo geral promover a equidade e a melhoria das condições e dos modos de viver, ampliando a potencialidade da saúde individual e coletiva, reduzindo vulnerabilidades e riscos à saúde decorrentes dos determinantes sociais, econômicos, políticos, culturais e ambientais. Promoção da saúde é o processo de capacitação da comunidade para atuar na melhoria de sua qualidade de vida e saúde, incluindo uma maior participação no controle deste processo. A PNPS traz como tema prioritário a Alimentação Adequada e Saudável. Este é um tema necessário por que a alimentação pode influenciar, sobremaneira, na condição de saúde dos indivíduos e as escolhas alimentares dependem de diversos fatores que nos rodeiam. Objetiva-se relatar a experiência de ações de Promoção da Alimentação Saudável (PAS) na atenção básica em um município da fronteira oeste do Rio Grande do Sul, realizadas por uma equipe de residentes em Saúde Coletiva. O presente relato traz as ações de PAS, desenvolvidas pela equipe da Residência Integrada Multiprofissional em Saúde Coletiva, turma 2018/2020, da Universidade Federal do Pampa, inserida em duas Estratégias de Saúde da Família (ESF) em Uruguaiana/RS. As ações foram realizadas com grupos de gestantes, hipertensos, diabéticos, adolescentes, idosos, salas de espera e escolas, e consistiram de conversas, discussões e exposições de temas, solucionando dúvidas dos participantes. Os temas abordados foram: alimentos in natura, minimamente processados, processados e ultraprocessados, mitos e verdades na alimentação saudável, consumo de água, alimentação na gestação, amamentação, elaboração de água saborizada, biscoitos saudáveis e sal de ervas. Cada atividade foi planejada e elaborada pela equipe de residentes, de maneira conjunta, possibilitando a interdisciplinaridade. A promoção da saúde por meio da PAS é de grande valia, visto que a alimentação tem grande impacto sobre a condição de saúde da população. A Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva vem ao encontro da PAS porque acaba responsabilizando os demais profissionais da saúde à promoverem bons hábitos alimentares à população, como parte do autocuidado. Ainda assim, cabe ressaltar a importância da residente nutricionista, que auxiliou na elaboração e execução das atividades e tem sua atuação pautada na defesa do Direito à Saúde e do Direito Humano à Alimentação Adequada e da Segurança Alimentar e Nutricional de indivíduos e coletividades. Em sua visão, as ações foram de extrema relevância para a população participante e também para os profissionais que a executaram, adquirindo conhecimento dos hábitos e necessidades da população em foco. Conclui-se que promover saúde por meio da alimentação deve estar presente no dia a dia da atenção básica, sendo necessário que os profissionais se atentem à essa demanda e busquem meios de realizar estas ações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
COPELLO DE OLIVEIRA, ÉVELEN; DIEHL PINHEIRO, K.; EVANS TELLES DOS SANTOS, M.; SILVA TAVARES, A.; RIBEIRO TRINDADE, L.; POHL SEHN, C. PROMOÇÃO DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA ATENÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.