PET AGRONOMIA NAS ESCOLAS – EDUCAÇÃO AMBIENTAL

  • Mireli Duarte Bergmann
  • Filipe Godoy
  • Anderson Chuquel Mello
  • Alex Oliveira Bitencourt
  • Daniel Bernardi Sarzi Sartori
  • Luciana Zago Ethur
Rótulo Programa, Educação, Tutorial, Extensão, universitária, Materiais, recicláveis

Resumo

Na proposta da extensão universitária está a busca pela interação entre a universidade e a comunidade. Com isso, a universidade pode e deve realizar ações principalmente com escolas, pois nessa fase do desenvolvimento tanto crianças quanto adolescentes acabam formando novos hábitos. Assim, pode-se sensibilizar e conscientizar alunos do ensino fundamental para práticas voltadas ao meio ambiente e alimentação saudável, boas práticas que permanecerão no futuro. O objetivo deste trabalho foi estimular o interesse dos estudantes para assuntos relacionados ao meio ambiente, promovendo, também, interação entre a universidade e as escolas. A ação foi desenvolvida em duas escolas de Itaqui-RS, por discentes do Curso de Agronomia, integrantes do Programa de Educação Tutorial (PET) da UNIPAMPA. O público alvo foram alunos do 4° e 5° ano do ensino fundamental, com idades entre 8 e 11 anos. No contato inicial com os alunos, em sala de aula, foi aplicado questionário sobre o cultivo de mudas e utilização de materiais recicláveis, para ter o conhecimento inicial dos alunos sobre o tema e avaliar as atividades desenvolvidas. No segundo momento, no pátio da escola, ocorreu uma roda de conversa sobre o que é uma muda e como pode ser produzida utilizando-se materiais recicláveis. Para isso, foram apresentadas sementes, substratos, bandejas e matérias que podem ser utilizados para a produção de mudas de hortaliças (copos de iogurte, caixa de leite, latas, caixa de ovos,...). Após, os alunos fizeram a semeadura de sementes de alface em caixas de ovos e receberam as instruções dos cuidados que deveriam ter com as mesmas e ao final da atividade levaram para suas residências. O trabalho desenvolvido apresentou resultados satisfatórios para todos os envolvidos, como universidade a experiência proporcionou vivenciar uma situação que exigiu mudanças nos termos técnicos para uma conversa informal com os alunos e troca de conhecimentos, pois os alunos contaram sua experiência ou de sua família com relação às plantas. Nas respostas analisadas do formulário, os alunos mostraram que suas famílias fazem em parte a reutilização de embalagens, e sabem da sua importância na preservação ambiental. Contudo, possuíam pouco conhecimento sobre o desenvolvimento e crescimento de plantas, como a quantidade de dias para a germinação da semente e não haviam realizado a semeadura ou plantio antes. Conclui-se desta forma que a ação contribuiu para o conhecimento e importância da produção de mudas e a preservação do meio ambiente, além de ter proporcionado interação entre a universidade e as escolas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
DUARTE BERGMANN, M.; GODOY, F.; CHUQUEL MELLO, A.; OLIVEIRA BITENCOURT, A.; BERNARDI SARZI SARTORI, D.; ZAGO ETHUR, L. PET AGRONOMIA NAS ESCOLAS – EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.