DIGITALIZAÇÃO E CATALOGAÇÃO: ORGANIZAÇÃO DO ACERVO DIGITAL DE DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICA (JAGUARÃO, SÉCULOS XIX E XX).

  • Nycole Andrade
  • Tatiane Marques de Oliveira
  • Alexandre dos Santos Villas Boas
Rótulo Ditigitalização, Catalogação, Acervo, histórico, Jaguarão

Resumo

i) introdução: O Programa de Catalogação e Digitalização de Documentação Histórica foi iniciado no ano de 2012 no campus Jaguarão da Universidade Federal do Pampa, com o objetivo de preservar o acervo do Instituto Histórico e Geográfico de Jaguarão (IHGJ) através da digitalização da documentação histórica disponibilizada pela instituição, como as atas da Câmara de Vereadores e periódicos que circularam na região durante os séculos XIX e XX. No ano de 2015 a universidade adquiriu um scanner planetário, Scanner OS 12000, e o software Omniscan Capturing OS12, otimizando o processo de digitalização. No ano de 2019, o projeto alterou seu status institucional para programa, havendo a possibilidade de integração de outros projetos de extensão que tratem da digitalização de acervos. A etapa do programa aqui discutida será a organização do acervo através do processo de catalogação, organizada em planilhas no computador, criando um banco de dados que potencializará o processo de pesquisa histórica. ii) objetivo(s): Como principais objetivos deste trabalho constam a construção de um banco de dados através do processo de Catalogação e a otimização da função de pesquisa histórica. iii) material e métodos: O processo de catalogação incluiu a construção de três tabelas, abrangendo as especificidades dos documentos catalogados: a) Atas da Câmara; b) Atas do Conselho Municipal; c) Periódicos. Visando as diferenças entre os documentos e a melhora do processo de pesquisa, cada tabela possui campos que abrangem as especificidades das informações contidas. Eliane Mey e Naiara Silveira corroboram nossa definição de catalogação, ao passo que consideram a mesma como um trabalho resultante do estudo das características do registro e dos usuários que utilizarão a documentação posteriormente. (MEY; SILVEIRA, 2009, p. 7). iv) resultados e discussão: Como resultado do trabalho aqui apresentado, foram confeccionadas três tabelas, relativas a três tipos de documentação: a) periódicos: alocados devidamente em ordem alfabética e por data de publicação; b) atas da câmara: organizadas primeiro por numeração de livros, vindo dos documentos físicos, e pela numeração da ata relativa à sessão; c) atas do conselho municipal: classificadas por data e nome do presidente de cada sessão; como conclusão, podemos enumerar os seguintes tópicos: o processo de digitalização é importante para a preservação dos documentos, pois além de diminuir o manuseio dos mesmos, ainda preserva sua existência em forma digital mesmo após a deterioração física, sendo que a catalogação e sistematização das fontes são formas de potencializar a pesquisa histórica, reduzindo o tempo gasto pelo historiador nesse processo. Tendo como concluído o processo de construção de tabelas, o próximo passo do Programa de Catalogação e Digitalização de Documentação Histórica é a disponibilização dos documentos históricos em um sítio eletrônico na internet, de domínio da Unipampa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
ANDRADE, N.; MARQUES DE OLIVEIRA, T.; DOS SANTOS VILLAS BOAS, A. DIGITALIZAÇÃO E CATALOGAÇÃO: ORGANIZAÇÃO DO ACERVO DIGITAL DE DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICA (JAGUARÃO, SÉCULOS XIX E XX). Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.