EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA EMEB FRANCISCO MAFALDO DE ALEGRETE/RS

  • Amanda Spolaor
  • Andressa de Castro Silva
  • Amanda Meincke Melo
  • Maria Cristina Graeff Wernz
Rótulo Informática, Educação, Laboratório, Extensão, Universitária

Resumo

O GEInfoEdu - Grupo de Estudos em Informática na Educação, do Campus Alegrete da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), existe desde 2010. Desde lá, desenvolve ações de formação de professores e de incentivo ao uso da informática em escolas da educação básica. O grupo conta com o apoio de estudantes de graduação dos cursos de Ciência da Computação e Engenharia de Software, como voluntários ou como bolsistas, além de servidores, docente e técnicos administrativos em educação, responsáveis pelo desenvolvimento de suas ações. As atividades, na Escola Municipal de Educação Básica Francisco Mafaldo, localizada na zona rural do município de Alegrete/RS, no Polo do Caverá, com cerca de 105 alunos matriculados, começaram a ser desenvolvidas em maio de 2019, depois de uma primeira reunião com a gestão da escola. Duas vezes por semana, em duplas, quatro voluntários desenvolvem atividades no laboratório de informática, atendendo a alunos da educação infantil ao nono ano do ensino fundamental. Ao todo, o laboratório dispõe de seis computadores de mesa, inicialmente sem acesso à Internet. Mais recentemente, dois computadores estão conectados à rede mundial de computadores. A depender da quantidade de alunos de uma turma, é necessário agrupá-los em duplas ou trios para uso de um mesmo computador. Primeiramente, foi apresentada a estrutura de um computador e ensinadas operações básicas como ligar/desligar e manusear o mouse. Então, passou-se ao uso de editores para a formatação de textos e jogos educacionais para desenvolver o raciocínio. Pôde-se perceber que, principalmente para as crianças menores, o uso do computador é uma experiência nova e bastante significativa. Para os voluntários, a participação em uma ação de extensão, que envolve o compartilhamento de experiências e a atuação docente, além de ser gratificante, tem colaborado para desenvolver a objetividade, a paciência e a organização. Desde o início, a escola foi bastante acolhedora e, apesar de algumas dificuldades com a infraestrutura, deseja-se dar continuidade ao trabalho desenvolvido no laboratório de informática. Palavras-chave: Informática na Educação. Laboratório de Informática. Extensão Universitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
SPOLAOR, A.; DE CASTRO SILVA, A.; MEINCKE MELO, A.; CRISTINA GRAEFF WERNZ, M. EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA EMEB FRANCISCO MAFALDO DE ALEGRETE/RS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.