PROJETO FACHADA LIMPA: IDENTIDADE VISUAL E REFORMULAÇÃO DA FACHADA COMERCIAL PARA A MUSA MAGAZINE

  • Maria Eduarda Mathias
  • Lucas de Almeida Gomes
  • Renata Patricia Correa Coutinho
  • Denise Aristimunha de Lima
  • João Antônio Gomes Pereira
Rótulo Comunicação, visual, Fachadas, comerciais, Identidade

Resumo

Em meio ao crescimento do comércio e lojas que oferecem as mesmas opções, a comunicação visual é essencial para se destacar e chamar a atenção do consumidor, Blessa (2010, p.13) afirma que [...] a visão, no momento da compra é primeiro sentido responsável pelo processo de escolha. Portanto, a fachada de um estabelecimento comercial, envolve a visão arquitetônica, publicitária e a relação que ela desenvolve entre comerciantes e consumidores. A linguagem visual através de anúncios é uma forma de comunicação e caracterização nos centros comerciais das cidades, o que pode acarretar na poluição e desconforto visual, além da descaracterização e perda de legibilidade do conjunto urbano. O projeto Fachada Limpa constituído por um arquiteto, professores e alunos da Unipampa teve o seu início em 2018, com o intuito de contribuir com o desenvolvimento do comércio de São Borja. A escolha da loja que teria sua fachada restaurada ocorreu por meio de uma seleção entre 10 lojas cadastradas na ACISB (Associação Comercial de São Borja) que possuíssem problemas em sua comunicação visual. Ao fim, a loja Musa Magazine foi escolhida para este trabalho que teve como objetivo desenvolver um projeto de reformulação de sua fachada de modo a respeitar as legislações de comunicação externa dos estabelecimentos, valorizar o patrimônio arquitetônico e diminuir a poluição visual praticada pelo comércio local. Através da pesquisa bibliográfica, procurou-se o melhor entendimento quanto à importância da comunicação visual das lojas, legislações acerca das fachadas comerciais e características visuais do comércio árabe, visto que, as proprietárias do estabelecimento possuem essa origem. Para a efetivação do objetivo proposto, foi utilizado a ferramenta SketchUp, softwares de edição Adobe Ilustrador e Photoshop para a elaboração de uma Matriz Morfológica - técnica de criação idealizada por Fritz Zwicky (1898-1974) para a combinação e mescla de elementos a fim de criar um logotipo - para a criação de uma identidade visual para a loja considerando o público-alvo, os aspectos históricos, arquitetônicos e locais. Optou-se pelas cores amarela e vermelha, que representam o segmento popular no qual o estabelecimento se posiciona, tendo a iconografia da cultura árabe em todos os elementos, da tipografia às formas geométricas esboçadas como o contorno de um portal e a simulação de uma tapeçaria ao fundo. O presente trabalho possibilitou um maior contato com a realidade comercial de São Borja, trazendo o conhecimento de ferramentas utilizadas na arquitetura e a importância visual do conjunto urbano levando também informações aos lojistas e oferecendo um projeto acessível que visa a reformulação e harmonização de uma loja tradicional da cidade e garantindo a imersão no contexto histórico das construções aqui presentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
EDUARDA MATHIAS, M.; DE ALMEIDA GOMES, L.; PATRICIA CORREA COUTINHO, R.; ARISTIMUNHA DE LIMA, D.; ANTÔNIO GOMES PEREIRA, J. PROJETO FACHADA LIMPA: IDENTIDADE VISUAL E REFORMULAÇÃO DA FACHADA COMERCIAL PARA A MUSA MAGAZINE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 3, 4 dez. 2020.