UMA ANÁLISE DISCURSIVA DOS PROCESSOS DE SIGNIFICAÇÃO DO TERMO “CIDADÃO” NA CF BRASILEIRA DE 1988

  • Matheus dos Santos
  • Carolina Fernandes
Rótulo Cidadão, Constituição, Federal, Discurso, Sentido

Resumo

O presente trabalho, norteado a partir de uma perspectiva teórico-metodológica da Análise de Discurso (AD) de vertente materialista, busca compreender como os processos de produção do sentido da palavra cidadão se desenvolvem no Brasil, atentando, em específico, ao modo como ela é apresentada na Constituição Federal (CF) brasileira de 1988. Em uma conjuntura social ideologicamente polarizada, isso se torna fundamental à discussão acerca de qual cidadão se pretendia formar no Brasil após a reabertura democrática, bem como corrobora para que percebamos os deslizamentos de sentido ocorridos a partir da utilização do termo nos últimos anos, uma vez que ao tratarmos desses discursos enquanto efeitos de sentido entre interlocutores (PÊCHEUX, 1975), nos é possibilitado um minucioso olhar para algumas das especificidades que os constituem e que são através deles materializadas. Dessa forma, se fez necessário refletir sobre como os sentidos da palavra cidadão deslocam-se a partir da filiação dos sujeitos às suas respectivas Formações Discursivas (FDs) e ideológicas. Para tanto, elegemos enquanto objetos de análise alguns recortes da CF de 1988, que se reportavam igualmente a temáticas como a cidadania e a educação, pois isso nos proporciona a correlação entre a linguagem e o contexto amplo e restrito da produção do documento. As análises nos permitiram perceber que, ao tentar-se romper com os tempos repressão da Ditadura Militar, a noção de ser um cidadão passou a se relacionar de forma direta com a compreensão de um sujeito-social, consciente dos seus direitos e deveres, afastando-se, portanto, do tecnicismo e das amarras repressoras tipicamente apresentadas durante o período militarista, anos antes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
DOS SANTOS, M.; FERNANDES, C. UMA ANÁLISE DISCURSIVA DOS PROCESSOS DE SIGNIFICAÇÃO DO TERMO “CIDADÃO” NA CF BRASILEIRA DE 1988. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.