SEGURANÇA DO TRABALHO EM UM FRIGORÍFICO NO MUNICÍPIO DE CAÇAPAVA DO SUL - RS

  • Orlando Cardoso
  • Pedro Daniel da Cunha Kemerich
Rótulo Mapa, Riscos, NR, 36, Abatedouro

Resumo

A segurança do trabalho é um ramo da ciência que estuda as possíveis causas dos acidentes e incidentes durante o exercício do seu trabalho, tendo como principal objetivo a prevenção de acidentes, doenças ocupacionais e outras formas de agravos à saúde do profissional. Esse trabalho foi realizado na forma de estudo de caso de um frigorífico localizado no município de Caçapava do Sul, cidade situada na região centro-sul do estado do Rio Grande do Sul. O frigorífico é de médio porte e abate diariamente uma média de 125 animais (bovinos e bubalinos). O número de funcionários nesse empreendimento pode chegar à 120 conforme a demanda de abates aumenta. Para levantamento de dados, foi realizada uma visita ao local do empreendimento, especialmente no setor do abate animal. As informações foram coletadas através de observações do ambiente de trabalho e medição de parâmetros como temperatura, iluminação, ruído e umidade, através de equipamentos apropriados. O mapa de riscos foi elaborado em relação aos processos que envolvem o abate dos animais no frigorífico. No presente estudo o mapa foi elaborado com o auxílio do software AutoCAD (2015), nele estão representados os principais riscos observados no abatedouro do frigorífico em estudo. Constatou-se que os riscos aos colaboradores no ambiente de trabalho que se destacam, dentro do processo de abate, são os riscos biológicos, ergonômicos e de acidentes, sendo os riscos físicos e químicos de menor intensidade. O risco biológico é um dos riscos mais importantes quando se fala em empreendimentos de abate e processamento de carnes e derivados pois, os trabalhadores estão constantemente expostos através do contato direto com o produto, ou seja, com a carne, sangue, vísceras, fezes, urina entre outros componentes do animal. No que se refere aos riscos ergonômicos que podem prejudicar a saúde do trabalhador, observou-se que na maioria dos processos os funcionários exerciam suas atividades em pé de forma estática com movimentos repetitivos por um longo período de tempo, alguns realizavam um certo esforço físico devido ao peso dos equipamentos e dos produtos, e além disso apresentavam postura inadequada. Os riscos de acidentes estão relacionados aos instrumentos cortantes e equipamentos utilizados nos processos, que devido ao ritmo das atividades, exige-se uma maior velocidade e atenção ao trabalhador, onde por descuido pode-se ocasionar acidentes. Concluiu-se que de uma forma geral a empresa atende a NR 36, porém, está em desconformidade com NR 15, devido à falta de utilização de protetores auriculares por parte dos funcionários da empresa. No processo de abate, foram identificados em maior intensidade riscos biológicos, ergonômicos e de acidentes, e na área externa a presença de riscos físicos aos trabalhadores devido a exposição a ruídos, altas temperaturas, baixa umidade e radiação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
CARDOSO, O.; DANIEL DA CUNHA KEMERICH, P. SEGURANÇA DO TRABALHO EM UM FRIGORÍFICO NO MUNICÍPIO DE CAÇAPAVA DO SUL - RS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.