AVALIAÇÃO DOS FATORES QUE AFETAM A ADSORÇÃO DE FÓSFORO EM NANOMATERIAIS DE GRAFENO.

  • Gabriel Reis
  • Mayara Bitencourt Leão
  • Carolina Ferreira De Matos Jauris
Rótulo Eutrofização, Grafeno, Nano, materiais

Resumo

O fósforo é um nutriente essencial para todos os organismos, principalmente para plantas por ser responsável por seu crescimento. Entretanto, quando ele é encontrado em altas concentrações em rios, ocorre a eutrofização. A eutrofização consiste no processo em que há um grande enriquecimento de nutrientes estimulando o crescimento desordenado de algas e plantas. Os métodos convencionais para remoção de fósforo da água são por meio de precipitação biológica ou química, no entanto, tais métodos não são eficientes para a sua total remoção, por isso novos métodos precisam ser desenvolvidos com o intuito de melhorar a eficiência da remoção desse nutriente nutriente, um método que vem chamado bastante atenção é a adsorção de fosforo usando nanomateriais de carbono, em especial no Grafeno. O objetivo deste trabalho é avaliar a adsorção de fósforo utilizando nanomateriais tridimensionais de grafeno (3D-rGO), e avaliar os fatores que possam interferir no processo, como pH, força iônica e tipo de grafeno utilizado. . Após a síntese dos nanomateriais de Grafeno 3D-rGO, foi realizado os testes de adsorção, que consistiu em adicionar 0.1 g de 4 diferentes amostras de 3D-rGO, com diferentes gruas de oxidação, e em tubo de ensaio contendo uma solução de 100 µmol. L-1 de fósforo, cada amostra em soluções com diferentes valores de pH: do pH 7,3, e 12, deixando o material interagir com a solução por um período de 24 horas, em agitação. Após o período todas as soluções foram analisadas no Espectrofotômetro UV-Visível. Os resultados encontrados foram bastante satisfatórios, em todos os pHs analisados para todas as amostras houve uma grande adsorção de fosforo pelo 3D-rGO, no pH mais básico e no neutro, 12 e 7, a eficiência de remoção chegou a valores próximos a 93%. As condições de pH que propiciou a maior eficiência, de 96%, foi no mais neutro (pH 7), para a amostra com o pH mais ácido (pH3), maior quantidade de grupamentos oxigenados, obteve uma boa adsorção, porem menor do que os demais, sendo em torno de 79% em média. Até o presente momento somente o fator de pH foi analisado, entretanto as próximas etapas do trabalho envolvem estudos de cinética e avaliação do efeito da presença de outros íons, e buscaremos ainda aplicar esses com um sistema real eutrofizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
REIS, G.; BITENCOURT LEÃO, M.; FERREIRA DE MATOS JAURIS, C. AVALIAÇÃO DOS FATORES QUE AFETAM A ADSORÇÃO DE FÓSFORO EM NANOMATERIAIS DE GRAFENO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.