CONTRIBUIÇÕES, SUPERVISÃO E SATISFAÇÃO NO ESTÁGIO: ESTUDO SOBRE OS ESTÁGIOS DOS GRADUANDOS DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIPAMPA SANT’ ANA DO LIVRAMENTO

  • Roger Sampaio
  • Roger O Sampaio
  • Pedro Antonio do Canto Gonzalez
  • Daniele Gonçalves Pereira
  • Igor Baptista De Oliveira Medeiros
Rótulo Estágio, Supervisão, Satisfação

Resumo

A atividade de estágio é o marco inicial da experiência profissional de um universitário. Este estudo consistiu em verificar as atividades de estágio na cidade de SantAna do Livramento, especificamente dos alunos do Curso de Administração da UNIPAMPA do campus da cidade. Nosso intuito foi analisar a contribuição dos estágios na formação profissional, se há supervisão adequada da empresa e da universidade ao estagiário e se estes estão satisfeitos com seu estágio. O estudo se caracterizou como uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória, com uso do método de estudo de caso, sendo realizadas entrevistas semiestruturadas. Compuseram o grupo de respondentes alunos de Administração da UNIPAMPA que atualmente realizam a atividade de estágio não obrigatório. A pesquisa foi limitada aos estudantes do curso de Administração da Universidade Federal do Pampa, campus Sant`Ana Os dados levantados na instituição indicavam que, em setembro de 2018, o curso de Administração contava com o número de 354 alunos. Destes, em torno de 80 estão em estágio remunerado. Os dados foram recolhidos por meio de entrevistas realizadas com 10 (dez) alunos, sendo 05 (cinco) homens e 05 (cinco) mulheres, estagiando tanto em instituições públicas quanto em empresas do setor privado. Os resultados obtidos sugerem que os estagiários estão satisfeitos com suas tarefas e remuneração, em sua maioria, acreditam que o estágio contribui para sua carreira profissional, mas não encontram vínculo entre as atividades desempenhadas no estágio e a carreira de administrador. Há, também, indicativos de que a supervisão desse tipo de estágio por parte da universidade é deficiente. Pode-se considerar a possibilidade de que tenha havido influência do método, que, por ser bastante pessoal, intimida de certa forma o entrevistado, que sente receio de dar determinadas respostas, principalmente as negativas, sobre a empresa que atualmente lhes oportuna o estágio, ainda que fique claro que é garantido o anonimato. Isto parece ser reforçado também pelo fato de muitos destes estagiários encararem o estágio como um emprego, o que é bastante comum no Brasil (PASQUALETO, FONSECA, 2015). Desta forma, faz-se relevante novas pesquisas sobre o tema, com diferentes metodologia e abordagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
SAMPAIO, R.; O SAMPAIO, R.; ANTONIO DO CANTO GONZALEZ, P.; GONÇALVES PEREIRA, D.; BAPTISTA DE OLIVEIRA MEDEIROS, I. CONTRIBUIÇÕES, SUPERVISÃO E SATISFAÇÃO NO ESTÁGIO: ESTUDO SOBRE OS ESTÁGIOS DOS GRADUANDOS DE ADMINISTRAÇÃO DA UNIPAMPA SANT’ ANA DO LIVRAMENTO. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.