AS REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

  • Juliana da Cunha
  • Flavia Camile dos Santos
  • Juliana Brandao Machado
Rótulo Cibercultura, Educação, Básica, Formação, inicial, professores, Redes, sociais

Resumo

Na atual conjuntura, em que a cibercultura se faz presente no cotidiano das pessoas e que aos poucos se insere nas escolas, surgem conflitos de ideias, em que alguns indivíduos acreditam que é possível desenvolver um trabalho pedagógico com as ferramentas que as tecnologias oferecem e outros acreditam que isso não é possível. Sendo assim, este trabalho tem como problemática principal a seguinte pergunta: É possível utilizar as redes sociais como ferramenta pedagógica na Educação Básica?. Para responder a essa questão, o grupo PET-Pedagogia, fazendo parte da pesquisa "Docência no século XXI: narrativas, práticas e proposições para a construção de uma epistemologia do trabalho docente", no Eixo 1 - Demandas dos docentes na formação inicial e na Educação Básica, elaborou um questionário para ser respondido pelos discentes dos cursos de licenciaturas da Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA. O objetivo desta pesquisa é discutir a percepção dos discentes dos cursos de licenciatura em relação ao uso das redes sociais como uma ferramenta pedagógica na Educação Básica. Sendo assim, como metodologia de pesquisa deste trabalho, foi utilizado um questionário online de caráter qualitativo e quantitativo, que serviu para levantamento de dados, através do formulário intitulado As demandas das/os professora/es na atualidade, com enfoque na questão Você considera possível utilizar as redes sociais no trabalho pedagógico na Educação Básica?. Através dos resultados obtidos com as respostas dos acadêmicos, foi possível observar que 78,9% dos discentes acreditam que as redes sociais podem servir como uma ferramenta pedagógica, em que os alunos iriam realizar discussões pertinentes através de fóruns com assuntos discutidos em sala de aula e sobre a conjuntura atual com compartilhamento de informações. Esses dados corroboram a ideia de Machado (2016, p. 3), que defende o uso das tecnologias digitais na educação e ressalta que devemos fortalecer o uso de recursos tecnológicos digitais nas salas de aulas, uma vez que muitos já fazem parte da vida dos sujeitos fora da escola. Portanto podemos concluir, que é possível fazer uso das redes sociais como uma ferramenta pedagógica, desde que sejam atividades devidamente mediadas e previamente trabalhadas com os alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
DA CUNHA, J.; CAMILE DOS SANTOS, F.; BRANDAO MACHADO, J. AS REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO NA EDUCAÇÃO BÁSICA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.