ELETROLISE

  • Wellington Baumbach
  • Ronaldo Teixeira Ximenes
  • Tânia Regina de Souza
  • Fabiano da Silva Lopes
Rótulo Piscina, clubes

Resumo

O uso de piscinas públicas hoje em dia é um meio de lazer para muitos além de um crescimento na questão da importância social e dos benefícios físicos e psicológicos que esta atividade proporciona aos elementos da comunidade com tendências cada vez mais sedentárias. Além de ser uma boa opção para os dias quentes e de relaxamento no fim do dia, as piscinas também podem ser usadas a favor da sua saúde. Dois aspectos devem ser levados em consideração quando se refere à piscina: a importância social e sanitária. Portanto a qualidade sanitária da água das piscinas deve ser rigorosamente observada. Quando as águas das piscinas não são devidamente tratadas, as mesmas podem apresentar riscos para a saúde, podendo ser veículo de transmissão de doenças infecciosas de pele, olhos, gargantas e intestino. Com o intuito de prevenir que os banhistas adquirirem doenças durante suas atividades, os proprietários devem utilizar métodos de desinfecção, como a cloração. A cloração da água de piscina é uma das técnicas mais utilizadas devido ao custo benefício. A utilização do cloro como agente de desinfecção passou a ser efetiva a partir do fim do século passado podendo ser obtido através do processo de eletrólise, processo no qual se passa uma corrente elétrica contínua sobre uma substância salina, geralmente cloreto de sódio, e por meio de reação de oxirredução obtém-se o cloro livre. O projeto tem por objetivo aumentar o rendimento do cloro obtido por meio da eletrólise para utilização na desinfecção da água de piscinas de um clube, localizado na cidade de Bagé - RS, visando à economia do cloro granulado, garantindo a qualidade da água. Para tanto, a metodologia empregada foi a coleta de amostras de água da piscina do clube e a análise de parâmetros (pH, cloro residual, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido, sólidos totais dissolvidos, turbidez) para verificar a qualidade da água disponível para banho. Os resultados mostraram que a água apresenta parâmetros dentro do esperado, porém não é possível a obtenção dos níveis de cloro desejado apenas com a eletrólise, sendo necessário a adição de cloro granulado. Será proposto ao clube, alterações no sistema de eletrólise objetivando o aumento da quantidade de cloro produzido. Essas alterações serão relacionadas a variação da concentração de cloreto de sódio e do tempo em que a solução é submetida ao processo de eletrólise. Referências JARDIM, R. S.; NOVA, V. Condições sanitárias das águas de piscinas públicas e particulares Sanitary conditions of water from publics and privates swimming pools. [s. l.], v. 69, n. 4, 2010. VASCONCELOS, J.; DUARTE, A. Tratamento da água de piscicas públicas: Análise comparativa de sistemas de desinfeção aplicada a um caso de estudo. [s. l.], n. 1, 2006.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
BAUMBACH, W.; TEIXEIRA XIMENES, R.; REGINA DE SOUZA, T.; DA SILVA LOPES, F. ELETROLISE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.