EVOLUÇÃO GEOLÓGICA DO GRANITO CAÇAPAVA: UM ESTUDO DE CASO NA CASCATA DA CHÁCARA DO FORTE.

  • Jordana da Costa
  • Ariely Venancio Marques
  • Jady Caroline Alves
  • Vinicius Matte
  • Rui Sergio Saraiva Duarte Junior
Rótulo Rochas, graníticas, Cronologia, Petrografia

Resumo

O batólito granítico de Caçapava, (Leinz et al., 1941), historicamente denominado Granito Caçapava, localiza-se no centro-oeste do Escudo Sul-rio-grandense, município de Caçapava do Sul e possui uma extensão de aproximadamente 250 km². Possui idade de 552 ±4 Ma, de acordo com Sartori e Kawashita (1985), apresentando variação entre as datações com K-Ar e Rb-Sr. Segundo Nardi e Bittecourt (1989) esta unidade é composta por rochas granodioríticas e graníticas leucocráticas, com afinidade cálcio alcalina, oriundas de diferenciação de magmas basálticos mantélicos e contaminação crustal. O Granito Caçapava é envolto por um cinturão de metamorfitos pertencentes ao Complexo Vacacaí, (RIBEIRO et al. 1966). A cascata da Chácara do Forte, situada no município de Caçapava do Sul, possui um afloramento de aproximadamente 150 m², composto por rochas do Granito Caçapava e neste trabalho buscou-se entender a ordem cronológica dos eventos associados à cristalização e colocação dos litotipos identificados na área estudada. A metodologia utilizada na pesquisa foi o recolhimento de amostras de rocha in situ de diversas partes do afloramento, com o uso de martelos petrográficos, equipamentos de proteção e posteriormente foram confeccionadas lâminas petrográficas para análise microscópica. Foram identificados dois tipos de granitoide, compostos por minerais máficos como biotita, feldspatos alcalinos e o quartzo mais abundante em um granito estudado, ambos faneríticos com granulometria grossa inequigranular, sendo que o Granito Caçapava mostrava, foliação milonítica, veios de quartzo leitoso, e pegmatitos compostos por quartzo e feldspato alcalino tendo granulometria muito grossa, sendo sua espessura de aproximadamente 10 cm e xenólitos de anfibolitos, derivados supostamente de rochas ígneas básicas. Portanto foi possível analisar que o xenólito de anfibolito foi o primeiro a ocorrer no local, seguido pela formação dos dois granitos com sua composição mineralógica e estrutura e logo após o pegmatito. O mais recente processo então são os veios de quartzo, intrudindo todos os litotipos citados anteriormente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
DA COSTA, J.; VENANCIO MARQUES, A.; CAROLINE ALVES, J.; MATTE, V.; SERGIO SARAIVA DUARTE JUNIOR, R. EVOLUÇÃO GEOLÓGICA DO GRANITO CAÇAPAVA: UM ESTUDO DE CASO NA CASCATA DA CHÁCARA DO FORTE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.