DESENVOLVIMETO DE NANOCÁPSULAS CONTENDO ITRACONAZOL E ÓLEO DE MELALEUCA

  • Bárbara Bachinski
  • Riciele Moreira de Morais
  • Gabriel Pedroso Viçozzi
  • Luiz Torres Neto
  • Cheila Denise Ottonelli Stopiglia
  • Letícia Marques Colomé
Rótulo nanocápsulas, itraconazol, óleo, melaleuca

Resumo

i) introdução: A terapia das infecções ungueais teve respostas consideráveis nas últimas décadas com a utilização de antifúngicos como a terbinafina (TB) e itraconazol (ITZ), contudo o uso tópico é limitado pela baixa penetração no leito ungueal, necessitando-se terapia via oral, a qual está relacionada com toxicidade em diferentes órgãos. O itraconazol é um fármaco de amplo espectro utilizado na terapia cutânea, oral, vaginal e ungueal contra alguns fungos dermatófitos, fungos filamentosos e dimórficos, bem como alguns gêneros de leveduras. As plantas têm sido usadas como terapias alternativas ao longo dos séculos, devido suas vantagens em relação aos medicamentos sintéticos, como baixa resistência microbiana, biodegradabilidade e baixa toxicidade. O óleo essencial de Melaleuca alternifólia, denominado tea tree oil (TTO), tem como principal constituinte o terpinen-4-ol, ao qual atribui-se amplo espectro de atividade microbiológica, bem como, atividade antifúngica. Dentre as estratégias que podem promover a redução de doses, reverter a resistência em cepas fúngicas e permitir a penetração cutânea de fármacos, destacam-se as nanocápsulas (NC), que são sistemas carreadores nanométricos formados por um núcleo oleoso cercado por uma membrana polimérica, onde o fármaco pode estar adsorvido ou dissolvido. ii) objetivo (s): O objetivo deste trabalho foi desenvolver e caracterizar nanocápsulas contendo ITZ associado ao TTO. iii) material e métodos: Primeiramente, realizou-se o teste de inchamento de polímero, utilizando Poli (ε-caprolactona) (PCL) e Eudragit RS 100® (EUD). Foram preparadas NC com e sem ITZ, além de formulações controle sem a presença do óleo, pelo método de deposição interfacial de polímero pré-formado. O tamanho de partícula e a polidispersão do sistema (Span) foram avaliados pela técnica de difratometria de laser. O pH das formulações também foi determinado. iv) resultados e discussão: A massa do filme de EUD e PCL antes do contato com TTO foi de 107g e 123g respectivamente. Sete dias após imersão o EUD solubilizou-se totalmente, o filme de PCL manteve-se sólido, sugerindo ser o polímero adequado para preparação de NC de TTO. As NC apresentaram perfil de distribuição monomodal em escala nanométrica, com diâmetro médio de 123 e 387 nm para as NC controle, enquanto NC-TTO e NC--TTO-ITZ apresentaram diâmetro médio de 460 e 212 nm respectivamente. O valor do Span variou entre 1,17 e 2,05, sendo considerados adequados. O pH variou entre 5,57 e 6,06. v) conclusão: O presente trabalho obteve sucesso no desenvolvimento e otimização de formulações de nanocápsulas para veiculação de ITZ e TTO. Isto é importante para as avaliações futuras que serão realizadas no tocante à atividade microbiológica do ativos encapsulados. Palavras-chave: nanocápsulas, itraconazol, óleo de melaleuca

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
BACHINSKI, B.; MOREIRA DE MORAIS, R.; PEDROSO VIÇOZZI, G.; TORRES NETO, L.; DENISE OTTONELLI STOPIGLIA, C.; MARQUES COLOMÉ, L. DESENVOLVIMETO DE NANOCÁPSULAS CONTENDO ITRACONAZOL E ÓLEO DE MELALEUCA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.