MUDANÇAS SOCIOPRODUTIVAS EM SISTEMAS AGROPECUÁRIOS DA BACIA DO RIO IBIRAPUITà – RS

  • Marjori Lencina
  • Vitoria Areva Rodrigues
  • Joao Garibaldi Almeida Viana
Rótulo Agronegócio, Êxodo, Rural, Pecuária

Resumo

MUDANÇAS SOCIOPRODUTIVAS EM SISTEMAS AGROPECUÁRIOS DA BACIA DO RIO IBIRAPUITÃ RS O Bioma Pampa exibe um imenso patrimônio associado à biodiversidade, caracterizado como patrimônio natural, genético e cultural de importância nacional e global. Nas últimas décadas é possível observar um fenômeno de êxodo de produtores rurais do campo, concentração da terra e o desaparecimento das paisagens e formadas pelos campos naturais. Esse conjunto de transformações produtivas, sociais e econômicas tem determinado um cenário de mudança no território do Pampa Gaúcho. Portanto, a partir do conhecimento dessas transformações do espaço agrário, a pesquisa teve por objetivo analisar as principais mudanças socioprodutivas de sistemas agropecuários da bacia do rio Ibirapuitã do Bioma Pampa.A pesquisa teve um caráter exploratório, de abordagem qualitativa. A delimitação empírica do fenômeno foi a bacia do Rio Ibirapuitã, na metade sul do Rio Grande do Sul, formada pelos municípios de Quaraí, Santana do Livramento, Rosário do Sul e Alegrete. A técnica de coleta de dados utilizada foi a entrevista com roteiro semi-estruturado, onde foi dividido em três blocos que com perguntas abertas, buscando mensurar a percepção dos respondentes sobre as mudanças produtivas e econômicas, sociais e ambientais que estão ocorrendo na Bacia do Rio Ibirapuitã. Como sujeitos da pesquisa, foram selecionados elementos chave do problema empírico, como um pesquisador da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), Campus Santana do Livramento, o diretor do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e um produtor rural da Bacia do Rio Ibirapuitã. A técnica de análise dos dados foi a análise interpretativa. Considerando a percepção dos sujeitos da pesquisa, buscou-se analisar o entendimento dos mesmos em função das mudanças sociais, produtivas e econômicas e ambientais. Constata-se que os respondentes, quando analisam as mudanças sociais, citamo êxodo rural como principal problema, devido à falta de investimento em educação, saúde e comunicação. Quando abordada as mudanças produtivas e econômicas é relatado que o produtor é um tomador de preço, ele tem que submeter ao que o mercado impõe. Nota-se também um avanço das áreas de agricultura sobre as áreas de pecuária, em especial com o crescimento do cultivo de soja. Por fim, ao analisar as mudanças ambientais, tem-se como destaque o aumento do uso de pesticidas e herbicidas, e o avanço de espécies exóticas animal (Javali) e vegetal (Anonni) sobre os campos naturais. Conclui-se que é necessário refletir sobre políticas em torno da conservação do Bioma Pampa. Palavras-chave: Agronegócio; Êxodo Rural; Pecuária.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
LENCINA, M.; AREVA RODRIGUES, V.; GARIBALDI ALMEIDA VIANA, J. MUDANÇAS SOCIOPRODUTIVAS EM SISTEMAS AGROPECUÁRIOS DA BACIA DO RIO IBIRAPUITà – RS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.