ANÁLISE MORFOLÓGICA DE NOZES DE UMA MATRIZ EM SÃO GABRIEL

  • Maria Brizola
  • Aline Alves
  • Igor Poletto
  • Cristhian Augusto Bugs
Rótulo Nozes, Taxas, Regressão, polinomial, Variáveis, Estatística

Resumo

A nogueira-pecã (Carya illinoinensis) é uma frutífera que se adapta com facilidade às regiões de clima temperado e subtropical de altitude que apresentem um regime de frio adequado às exigências das plantas. Essa cultura é considerada uma ótima alternativa para a diversificação produtiva das pequenas propriedades familiares, especialmente da região Sul do Brasil. Estudos que busquem conhecimentos a respeito de características do fruto podem ajudar tanto os produtores dessa cultura a escolherem as cultivares satisfatórias, a fim de maximizar seus lucros, quanto às indústrias que beneficiam o produto, de modo a escolher frutos com características que favoreçam seu beneficiamento e sejam mais atrativos ao mercado consumidor. Este trabalho teve por objetivo a avaliação das características de nozes através do estudo das relações entre peso, diâmetro lateral 1, diâmetro lateral 2, comprimento, volume, circunferência, densidade, peso da casca, peso da amêndoa e da taxa definida pelo peso da amêndoa dividida pelo peso total de cada uma das nozes e o estudo da dependência da taxa em relação às demais variáveis. Para a análise das características físicas das nozes foram coletadas 30 nozes de uma nogueira-pecã matriz encontrada no centro do município de São Gabriel. Essa matriz foi escolhida por apresentar características diferenciadas quando comparada com árvores da mesma espécie. Para aferição de todas as variáveis envolvendo pesos foi utilizada uma balança eletrônica, do tipo plataforma com capacidade de 3,6kg e com precisão de 0,01g. Para a aferição das variáveis relacionadas com comprimento foi utilizado um paquímetro digital de precisão de 0,01mm. Para a medição do volume e da densidade foi utilizado um xilômetro eletrônico. Foi utilizado o software R 3.5.1 (R Development Core Team, 2015) para as análises matemáticas e estatísticas dos dados e foram obtidas curvas ajustadas aos dados para modelar a dependência da taxa (peso da amêndoa/peso total) em relação ao peso total e ao peso da amêndoa por meio de regressões polinomiais. As análises das correlações entre a taxa, o peso total e o peso da amêndoa indicaram uma dependência entre as variáveis. Duas curvas cúbicas se ajustaram melhor para descrever a dependência da taxa em relação às duas outras variáveis relacionadas com o peso. As variações cúbicas encontradas para a taxa analisada indicam uma variação do peso da amêndoa e que nozes mais pesadas nem sempre são aquelas que apresentam o melhor custo-benefício envolvendo o peso total e o peso da amêndoa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-08-28
Como Citar
BRIZOLA, M.; ALVES, A.; POLETTO, I.; AUGUSTO BUGS, C. ANÁLISE MORFOLÓGICA DE NOZES DE UMA MATRIZ EM SÃO GABRIEL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 11, n. 2, 28 ago. 2020.