DIFERENTES FONTES DE LEITE E FORMULAÇÕES DE SORVETE COM BAIXO TEOR DE LACTOSE

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

NICARETTA BRUNA COUTO

Resumo

O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão de literatura focando nas diferentes
formulações de sorvete a partir de diversas fontes de leite de animais domesticados,
identificando as composições para os nichos de mercado atuais. Foram encontrados na
literatura alguns artigos científicos em que se utilizou o leite de animais bovinos. No entanto, a
diversidade de pesquisas encontradas envolvendo formulação de sorvetes a partir de leite
caprino foi bastante baixa. Como resultado, foi realizada uma revisão de literatura de
trabalhos que utilizaram leites bovinos, caprinos e ovinos na formulação, fazendo análise
crítica da relação do método de balanceamento do ponto de soro para balanceamento de
formulações e parâmetros de processos, como temperatura de serviço, poder anticongelante e
poder edulcorante de uma mistura. A reduzida quantidade de trabalhos encontrados
envolvendo formulações de sorvete utilizando leite caprino e ovino demostra que há um vasto
campo a ser estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BRUNA COUTO, N. (2022). DIFERENTES FONTES DE LEITE E FORMULAÇÕES DE SORVETE COM BAIXO TEOR DE LACTOSE. REPE, 1(1), 1-15. Recuperado de https://periodicos.unipampa.edu.br/index.php/REPE/article/view/111133
Seção
Artigos
Biografia do Autor

NICARETTA BRUNA COUTO,

Bacharela em Engenharia de Alimentos pela Universidade Federal do Pampa. Atuou durante a graduação com estudos relacionados a extração de óleos por prensagem a frio, estudos de obtenção de concentrado proteico, análises físico-químicas e mel de abelha.

Referências

AMILLS, M.; CAPOTE, J.; TOSSER-KLOPP, G. Goat domestication and breeding: a jigsaw of historical, biological and molecular data with missing pieces. Journal Animal Genetics, v. 48, p. 631-644, 2017. Disponível em: https://europepmc.org/article/med/28872195. Acesso em: 02 jun. 2020.
ARBUCKLE, W. S. Ice cream. 4. ed. Boston: Springer, 1986. E-book. Disponível em: https://doi.org/10.1007/978-1-4615-7222-0. Acesso em: 02 jun. 2020.
C.F. BALTHAZAR, H.L.A. SILVA, R.N. CAVALCANTI, E.A. ESMERINO, L.P. CAPPATO, Y.K.D. ABUD, J. MORAES, M.M. ANDRADE, M.Q. FREITAS, C. SANT'ANNA, R.S.L. RAICES, M.C. SILVA, A.G. CRUZ, Prebiotics addition in sheep milk ice cream: A rheological, microstructural and sensory study, Journal of Functional Foods, v. 35, 2017, p. 564-573, ISSN 1756-4646. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.jff.2017.06.004. Acesso em: 22 out. 2021.
BRASIL. Instrução Normativa MAPA nº 37, de 18 de setembro de 2002. Aprova regulamento técnico de produção, identidade e qualidade de leite de cabra. Diário Oficial da União: Seção 1, Brasília, DF, 8 nov. 2000, p. 23. Disponível em: https://sidago.agrodefesa.go.gov.br/site/adicionaisproprios/protocolo/arquivos/408781.pdf. Acesso em: 08 jun. 2020.
BRASIL. Resolução ANVISA RDC n° 266, de 22 de setembro de 2005. Aprova o Regulamento técnico para gelados comestíveis e preparados para gelados comestíveis. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 23 set. 2005. Seção 1. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2005/res0266_22_09_2005.html . Acesso em: 28 maio 2020.
BRASIL. Resolução ANVISA RDC Nº 53, de 07 de outubro de 2014. Dispõe sobre a lista de enzimas, aditivos alimentares e veículos autorizados em preparações enzimáticas para uso na produção de alimentos em geral. Diário Oficial da União nº194. Brasília-DF, quarta-feira, 08 de outubro de 2014. Disponível em: http://www.conass.org.br/ci-n-271-publicada-a-rdc-anvisa-n-53-que. Acesso em: 29 maio 2020.
CHACÓN VILLALOBOS, A. La leche de cabra: un alimento lleno de sorpresas: Análisis y opinión. Revista Actualidad Zootécnica, v.2 , n. 2, p. 30- 34, 2007. Disponível em: http://eeavm.ucr.ac.cr/Documentos/ARTICULOS_PUBLICADOS/2007/84.pdf. Acesso em: 21 jun. 2020.
CHACÓN VILLALOBOS, A. La leche de cabra: un alimento lleno de sorpresas: Análisis y opinión. Revista Actualidad Zootécnica, v.2 , n. 2, p. 30- 34, 2007. Disponível em: http://eeavm.ucr.ac.cr/Documentos/ARTICULOS_PUBLICADOS/2007/84.pdf. Acesso em: 21 jun. 2020.
CONOLLY, J.; COLLEDGE, S.; DOBNEY, K.; VIGNE, J.D.; PETERS, J.; STOPP, B.; MANNING, K.; SHENNAN, S. Meta-analysis of zooarchaeological data from SW Asia and SE Europe provides insight into the origins and spread of animal husbandry. Journal of Archaeological Science. 2011, v. 38, p.538–545. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0305440310003638?via%3Dihub. Acesso em: 09 nov. 2021

CORVITTO, A. Secretos del helado: helados sin secretos. 2 ed. Barcelona: Vilbo Ediciones Y Publicidad, 2004.
DUAS RODAS. Empreendedor do sorvete: Universidade do Sorvete, Selecta. [s.l.], [201?]. Disponível em: https://universidadedosorvete.com/course/index/4/4#. Acesso em: 01 fev. 2021.
ERCOLE F.F.; MELO L.S.; ALCOFORADO C.L.G.C. Revisão integrativa versus revisão sistemática. Revista Mineira de Enfermagem. 2014; v.18.1, p.9–11. Disponível em: http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20140001. Acesso em: 28 set. 2020.
FAMULA, T.R. Domestication of Animals. In: Van Alfen, N.K. (ed.) Encyclopedia of Agriculture and Food Systems. Elsevier, London, 2014, p. 462–473. Acesso em: 14 maio 2020. Disponível em: https://www.elsevier.com/books/encyclopedia-of-agriculture-and-food-systems/van-alfen/978-0-444-52512-3.
GOFF, H. D.; HARTEL, R. W. Ice cream. 7. ed. New York: Springer, 2013. DOI 10.1007/978-1-4614-6096-1. Disponível em: https://link.springer.com/book/10.1007%2F978-1-4614-6096-1. Acesso em: 03 maio 2020.
GUINARD, J-X. et al. Sugar and fat effects on sensory peoprieties of ice cream. Journal of Food Science, V. 62, n. 5, 1997, p 1087 – 1094. Disponível em: https://didatticagelato.it/wp-content/uploads/simple-file-list/Sugar_and_Fat_Effects_on_Sensory_Propert.pdf. Acesso em: 03 out 2021.
HOLDEN, C.; MACE, R. Phylogenetic analysis of the evolution of lactose digestion in adults. Journal Human Biology. v. 69 p. 605-28, 1997. Disponível em: https://doi.org/10.3378/027.081.0609. Acesso em: 21 jun 2020.
IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares. Tabela 2393 -Aquisição alimentar domiciliar per capita anual por grupos, subgrupos e produtos. 2008. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/tabela/2393. Acesso em: 14 nov. 2020.
IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Pecuária Municipal 2020. v. 48, p. 1-12, 2020. Rio de Janeiro. Acesso em: 14 abr. 2021. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/84/ppm_2020_v48_br_informativo.pdf.
INGRAM C. J. E. et al. Lactose digestion and the evolutionary genetics of lactase persistence. Journal Human Genetics. v. 124 p. 579-591, 2009. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s00439-008-0593-6. Acesso em: 20 maio 2020.
ITAN, Y. et al. Worldwide correlation of lactase persistence phenotype and genotypes. BMC Evolutionary Biology. v. 10 p. 36, 2010. Disponível em: https://bmcevolbiol.biomedcentral.com/articles/10.1186/1471-2148-10-36. Acesso em: 11 jun. de 2020
KIBON, o sorvete do Brasil alimentando paixões. Food Ingredients Brasil. n.15, p. 50-53, 2010. Disponível em: https://revista-fi.com.br/upload_arquivos/201606/2016060245773001465320341.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.
LORA, S.C.P.; PRUDÊNCIO, E.L.; BENEDET, H.D.; Avaliação sensorial de sorvetes elaborados com leite de cabra. Revista Ciências Agrárias, Londrina, v. 27, n.2, p.221-230, 2006. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/viewFile/2424/2071. Acesso em: 16 fev. 2021.
MACEDO, L. S. O. et al. Desenvolvimento e avaliação sensorial de sorvete à base de leite de cabra com sabor de frutas tropicais. Revista publicações em medicina veterinária, v.8, n.21. ed. 270, Londrina, 2014. Disponível em: https://www.pubvet.com.br/uploads/c145995f7e168066c14847c4a3a319ff.pdf. Acesso em: 15 fev. 2021.
MARSHALL. R. T.; GOFF, H. D.; HARTEL, R. W. Ice cream. 6 ed. New York: Kluwer Academic; Plenum Publishers, 2003. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2020.
MCGHEE, C.E.; JONES, J.O.; PARK, Y.W. . Evaluation of textural and sensory characteristics of three types of low-fat goat milk ice cream. Small Ruminant Research, v. 123, p. 293-300, 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0921448814003460?casa_token=JiiQQIohmeAAAAAA:4RpsDYR_edt-GvxlMQBnsy5LNxYvrsyOJpHcT6sNG_hW9FAt5u1F2WccUPqZAVJ1TY8GtxxGgE5e#aep-article-footnote-id7. Acesso em: 19 abr. 2021.
MULLAN, W.M.A. Perfect ice cream or gelato: Getting the hardness or "scoopability" just right. [s.l.], 2013. Disponível em:
https://www.dairyscience.info/index.php/ice-cream/228-ice-cream-hardness.html. Acesso em: 14 abr. 2021.
MULLAN, W.M.A. Compositional standards for ice cream. [s.l.], 2016. Disponível em: https://www.dairyscience.info/index.php/202-uncategorised-sp-269/296-standards.html . Acesso em: 12 abr., 2021
PARK, Y.W. et al. Physico-chemical characteristics of goat and sheep milk. Journal Small Ruminant Research, v.68, p.88-113, 2007. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0921448806002549?via%3Dihub. Acesso em: 20 abr. 2020.
PEREIRA FILHO, D.; FURLAN, S. A. Prevalência de intolerância à lactose em função da faixa etária e do sexo: experiência do laboratório Dona Francisca. 2004. Dissertação (Mestrado em Saúde e meio ambiente). Universidade da Região de Joinville. Programa de Mestrado em Saúde e Meio Ambiente, 2004. Disponível em: http://antigo.univille.br/arquivos/1572_V5n1Prevalencia.pdf. Acesso em: 02 maio 2020.
RIBEIRO, E. L. A.; RIBEIRO, H. J. S. S. Uso nutricional e terapêutico do leite de cabra. Semana de Ciências Agrárias, Londrina, v. 22, n.2, p. 229-235, 2001. Disponível em: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:gj6pJi15xREJ:www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/download/2057/1766+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&client=opera. Acesso em: 03 maio 2020.
RODDEN, D. Dairy goat composition. [s.l.], 2004. Disponível em: https://drinc.ucdavis.edu/goat-dairy-foods/dairy-goat-milk-composition. Acesso em: 19 maio 2020.
UGALDE, M.L.; PILAR, R. C.; OLIVEIRA, M. C.; SCHLINTWEIN, B. K.; NOVACK, M. M.E.; SOARES, L. B. Sorvetes à base de leite ovino e bovino: composição química. IX Simpósio de Alimentos, v. 9, p.1-5. ISSN 2236-0409. Passo Fundo, 2015. Disponível em: https://www.upf.br/_uploads/Conteudo/simposio-sial-anais/2015/tecnologia/t43.pdf. Acesso em: 22 out. 2021.