A PANDEMIA E OS DESAFIOS DA APRENDIZAGEM NO ENSINO EMERGENCIAL REMOTO A PARTIR DE UMA REVISÃO DE LITERATURA.

  • Natali Gonçalves Gomes
  • Anthony Renan Brum Rodrigues
  • Ynara Maidana de Vargas Farias
  • Lisete Funari Dias
Rótulo Pandemia, Ensino, Fundamental, Anos, Iniciais

Resumo

Este resumo refere-se à um dado resultante de uma revisão sistemática de literatura, que faz parte de um projeto de qualificação do Mestrado Acadêmico em Ensino Unipampa Campus Bagé. O tema da pesquisa surgiu a partir das vivências e inquietudes da professora e pesquisadora que atuou no ensino emergencial remoto, alternativa que se deu durante o isolamento social causado pela pandemia de Covid-19. Frente ao problema de pesquisa e justificativa, o trabalho tem como objetivo geral: compreender como se deram as ações pedagógicas nos anos iniciais do ensino fundamental durante período pandêmico. E como objetivos específicos: identificar quais foram as principais estratégias e desafios enfrentados para garantir a continuidade do ensino durante o ensino emergencial remoto e verificar se houve e como foi o uso das tecnologias digitais durante período pandêmico. Considera-se a relevância da pesquisa, tendo em vista os principais desafios enfrentados neste período, bem como o panorama em que se encontra a Educação Básica, anos iniciais diante do cenário pós pandêmico no retorno presencial. A metodologia está pautada nos oito passos para a construção de uma revisão sistemática de literatura (Costa e Zoltowski 2014): delimitação da questão de pesquisa; escolha da fonte de dados; descritores de busca; busca de resultados; seleção de acordo com critérios de inclusão e exclusão; extração de dados das publicações selecionadas; avaliação das publicações; síntese e interpretação de dados. O primeiro passo da referida revisão de literatura foi construir a questão norteadora: Como se deram as ações pedagógicas durante e após o período pandêmico nos anos iniciais do ensino fundamental? As bases de dados utilizadas foram Scielo e Oasisbr, sendo utilizadas as seguintes strings de busca: pandemia and ensino remoto; ensino remoto and anos iniciais and pandemia. Como critérios de inclusão e exclusão considerou-se o contexto das pesquisas (anos iniciais), foram excluídos todos os artigos que se encaixavam na área da saúde e foram escolhidos apenas trabalhos na modalidade artigos. Na plataforma Scielo foram selecionados quatro artigos e na plataforma Oasisbr foram selecionados oito artigos. A partir da sistematização dos resultados e, respondendo à questão de pesquisa, apontam-se os resultados de pesquisa que apresentam discussões comuns referentes ao ensino e aprendizagem durante o período pandêmico. Como resultados e, de acordo com os autores dessas produções, observou-se como principais desafios: A dificuldade do professor em alcançar a interação de todos os alunos tendo em vista a falta de conectividade de internet, o que dificultou o acesso ao ensino e aprendizagem, segundo a fala de professores participantes das pesquisas e que estiveram a frente do ensino emergencial remoto; A escassez de formação ou apoio para garantir o ensino neste período por parte das secretarias de educação e gestão escolar; O baixo apoio familiar, que afastou ou aproximou professores e alunos dependendo do envolvimento de cada conjunto familiar; A dificuldade em avaliar a aprendizagem dos alunos sem, muitas vezes, conseguir interagir com eles; A fase de alfabetização, sendo evidenciado um dos maiores desafios e baixo sucesso em alfabetizar alunos à distância. Cabe salientar que todas as pesquisas analisadas foram produzidas na realidade de escolas públicas de ensino. A partir dos resultados abordados é possível concluir que o ensino emergencial remoto não garantiu acesso ao ensino e aprendizagem para todos os alunos diante das estratégias possíveis durante isolamento social. Diante desse cenário trazido por meio das pesquisas analisadas, ficam inquietudes e outros questionamentos relacionados ao cenário atual da educação, ou seja, pós pandêmico, tais como: De que maneira esses desafios encontrados foram ou estão sendo vistos e ajustados frente ao retorno presencial das aulas? E como professores percebem essa retomada, com relação a alfabetização, após dois anos de ensino remoto? Frente a estes novos questionamentos, comprova-se que esta é uma pesquisa relevante e importante para a educação, já que é uma realidade enfrentada por muitos professores, alunos e escolas principalmente as públicas. E diante dessas inquietudes, outras buscas e estudos podem ser construídos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-11-23
Como Citar
GONÇALVES GOMES, N.; RENAN BRUM RODRIGUES, A.; MAIDANA DE VARGAS FARIAS, Y.; FUNARI DIAS, L. A PANDEMIA E OS DESAFIOS DA APRENDIZAGEM NO ENSINO EMERGENCIAL REMOTO A PARTIR DE UMA REVISÃO DE LITERATURA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 2, n. 14, 23 nov. 2022.