ASPECTOS DA POLÍTICA INTERNACIONAL NO ÂMBITO DAS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS

  • Liz Amaral Azevedo
  • Carmela Marcuzzo do Canto Cavalheir
Rótulo Organização, Internacional, Guerra, Fria, Globalização, Divergência

Resumo

Historicamente, é possível mencionar que as Organizações Internacionais surgiram no século XIX, no entanto, a partir do século XX começaram a ganhar maior envergadura por existirem OIs de caráter universal no sistema internacional. Em sua maioria, as OIs são organismos multilaterais formados por diversos Estados-Membros, cujo objetivo é promover integração e relação entre estes Estados em prol de um interesse comum, tais órgãos se consolidaram após o aumento da pressão internacional em relação aos Direitos Humanos, paralelamente impulsionado com a constante evolução da globalização. No âmbito do Direito Internacional, o avanço da globalização resultou em um ambiente que tornou viável o estabelecimento de relações com tendência a cooperação e parcerias, entretanto, o aumento dos números de sujeitos internacionais trouxe consigo diferentes maneiras de pensar, o que acabou por causar intensa divergência política, ideológica e busca por poder, que, por muitas vezes, eram discordantes. Logo, diante deste contexto conflituoso e da simultânea necessidade de cooperação, surgem as Organizações Internacionais, responsáveis por tornar relações que antes eram estritamente bilaterais para um contexto de multilateralismo. Em alguns momentos, é possível pensar que as intensas divergências políticas e ideológicas conforme supramencionadas poderiam representar um empecilho para a criação das OIs, porém, notou-se que esta caracterizou uma das inúmeras motivações para a criação destes organismos multilaterais. Dessa forma, as OI 's surgiram e evoluíram a partir da necessidade primordial de manter a paz, e atualmente já possuem reconhecimento como sujeitos de Direito Internacional, por possuírem a capacidade de celebrar tratados e recorrer a mecanismos de solução de controvérsias. Vale ressaltar que a função das OI 's é promover a humanização e regular relações, e não a substituição dos Estados Nacionais. A respeito da importância dos mecanismos de soluções de controvérsias, é inegável, pois com o tempo as formas de resolver situações conflituosas acabaram por diversificar-se, e não somente permanecer no uso brutal da força. Os meios diplomáticos representam uma das maneiras utilizadas para resolução dos conflitos, e as respectivas negociações ocorridas podem ser: bilaterais, correspondente a resolução direta entre um Estado e outro, ou multilaterais, quando mais de um Estado cria resoluções e tratados, a fim de solucionar suas demandas. Ademais, existe a mediação como um mecanismo para a resolução diplomática dos conflitos, tais formas de resolução constituem mais uma maneira de resolver as mais diversas situações de conflito sem que seja necessário o uso brutal da força, isso representa o impacto e influência do tema central deste resumo. Logo, é possível citar que as organizações internacionais acompanham os avanços da globalização para que assim, consiga exercer a sua função de maneira plena, atuando diretamente em setores como a regulação de normas e acordo entre países, bem como a elaboração das mesmas, e toda esta evolução e criação dos órgãos multilaterais mencionados nasceu exatamente das divergências políticas e ideológicas entre os países cuja a raiz é histórica. O objetivo do presente estudo foi conseguir analisar até que ponto o contexto conflituoso e divergente influenciou para a criação dos órgãos multilaterais conhecido como Organizações Internacionais, e ao realizar análises bibliográficas que tratam desta linha de pesquisa da área internacional, foi possível perceber que a junção desses diferentes pensamentos resultou não somente na criação, mas também consolidação das OIs. Após examinar o supracitado, é possível concluir que a evolução e modificação do espaço internacional está atrelada ao constante desenvolvimento e mudança nas necessidades dos países, já que as relações e criação de órgãos são realizadas a partir do aparecimento das necessidades, que se desenvolvem e surgem independente de contexto não favorável.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-11-23
Como Citar
AMARAL AZEVEDO, L.; MARCUZZO DO CANTO CAVALHEIR, C. ASPECTOS DA POLÍTICA INTERNACIONAL NO ÂMBITO DAS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 2, n. 14, 23 nov. 2022.