Análise da influência da latitude em coordenadas geodésicas obtida por posicionamento por ponto preciso - PPP/IBGE

  • Uemerson Soares de Andrade
  • Marcelo Jorge de Oliveira
Rótulo PPP, GNSS, IBGE

Resumo

Atualmente, com a modernização dos Sistemas de Navegação Global por Satélites (GNSS) existem um conjunto de sistemas de posicionamento global vasto em operação, o primeiro sistemas a se destacar foi o norte americano GPS (Global Positioning System), em seguida o GLONASS (Global Orbiting Navigation Satellite System), Galileo (sistema de navegação por satélite da União Europeia) e mais recentemente o Beidou/Compass (é o sistema chinês de posicionamento global por satélite). O serviço de PPP (posicionamento por ponto preciso ) consiste no envia pelo usuário os arquivos com as observações GNSS no formato RINEX para um servidor do IBGE onde os dados são processados e posteriormente disponibilizados para o usuário em um arquivo de relatório detalhado contendo as suas respectivas coordenadas com suas precisões no Sistema Geodésico de Referência oficial do País SIRGAS2000. O posicionamento por ponto preciso (PPP) pode ser aplicado em uma diversidade de atividades geodésicas. Assim essa disponibilidade acarretou em um aumento significativo no número de usuários para este tipo de serviço, pois esse serviço possui vantagens tais como o uso de apenas um receptor, não tendo a necessidade de adquirir um software de processamento, basta somente submeter o arquivo de observação GNSS no formato RINEX ao IBGE, que o serviço IBGE-PPP gerar os resultados assim facilitando o serviço, porem o método do PPP não e tão preciso quanto o posicionamento relativo estático. O presente projeto tem como objetivo selecionar três épocas distintas do mês para a aquisição de dados de rastreio e verificar a precisão e acurácia das coordenadas obtidas pelo método PPP conforme vai de afastando da linha do equador. Nesse estudo foram utilizados um conjunto de dados coletados, através do site do IBGE, departamento de Geociências, sobre o posicionamento geodésico da rede brasileira de monitoramento contínuo dos sistemas GNSS - RBMC, em 3 datas distintas 01/06/2022, 15/06/2022 e 30/06/2022 para cada estação, sendo utilizadas 05 estações RBMC ativas do IBGE, Boa Vista (RR) BOAV, Macapá (AP) APMA, Salvador (BA) SSA1, Curitiba (PR) UFPR e Capão do Leão (RS) RSPE, sendo Boa Vista no extremo norte do pais localizada acima da Linha do Equador, Macapá onde passa a linha do equador, Capão no extremo sul do pais Salvador e Curitiba mais ao meio do pais, para ter uma distribuição ao longo do pais começando acima da linha do equador e descendo aos poucos. Com os arquivos de dados das 05 estações RBMC coletados foram submetidos os arquivos para o processamento no site do IBGE através do serviço IBGE-PPP - Serviço online para pós-processamento de dados GNSS, para a verificação da acurácia destes dados obtidos. Desenvolveu-se uma planilha contendo as informações sobre a descrição das RBMCs e seus respectivos códigos, incluindo as suas coordenadas homologadas do IBGE, em três períodos diferentes, dia 1 de junho, 15 de junho e 30 de junho como coordenadas dadas como certas. Após baixar os dados dos períodos citados anteriormente, foram processados os pontos das RBMCs pelo método PPP pelo site do IBGE, gerando 30 dados latitude e longitude de 15 coordenadas, dos períodos 1 de junho, 15 de junho e 30 de junho de cada RBMC e realizado o cálculo da distancias entre dois pontos que no caso é entre as coordenadas da RBMC e as do PPP utilizando a formula D=√((〖Lat〗_RBMC-〖Lat〗_PPP )^2+(〖Long〗_RBMC-〖Long〗_PPP )^2 ), obtendo assim 15 pontos calculados, logo gerando uma nova planilha com 15 coordenadas calculadas, a diferença gerou um resíduo que só aparece partir da terceira casa após a virgula logo o resíduo do erro é pequeno. Como demonstrada através de cálculos tendo como referência em 01/06/22, Boa Vista 0.00065192, Macapá 0.00056727, Salvador 0.00151924, Curitiba 0.00099368, Capão 0.00124403 e com o auxilio do gráfico, os valores obtidos demonstraram que conforme as bases vão se afastando da linha do equador as precisões em termos de acurácia se degradam, tanto acima da linha equador como abaixo dele. Como podemos notar com a ajuda do gráfico, Boa vista também modificou conforme sobe a linha do equador logo Boa vista e Macapá teve a melhor precisão, pois uma esta acima da linha do equador, mais perto da linha do equador e boa vista esta na linha do equador já Salvador, Curitiba e Capão, conforme se afastam vai diminuindo a sua precisão. Vale ressaltar que as intermediarias Salvador e Curitiba foi que obtiveram a maior variação na acurácia no período observado, portanto as coordenadas calculadas pelo método PPP demostraram na pratica uma boa acurácia em todo o território de estudo com erro baixo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-11-23
Como Citar
SOARES DE ANDRADE, U.; JORGE DE OLIVEIRA, M. Análise da influência da latitude em coordenadas geodésicas obtida por posicionamento por ponto preciso - PPP/IBGE. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 2, n. 14, 23 nov. 2022.