PRODUÇÃO DE NANOPARTICULAS DE PRATA POR BOUGAINVILLEA GLABRA CHOISY: INFLUÊNCIAS DO COMPRIMENTO DE ONDA DA LUZ

  • Higor Severo Molina
  • Augusto Cezar Dotta Filho
  • Murilo Ricardo Sigal Carriço
  • Elton Luis Gasparotto Denardin
  • Rafael Roehrs
Rótulo Nanoparticulas, prata, Bougainvillea, glabra, Choisy, Luz, LED

Resumo

As nanopartículas tem ganhado destaque no cenário global por suas múltiplas aplicações em diferentes áreas da ciência e sociedade, como medicina, farmácia, engenharia. Estes materiais em nanoescala tem suas propriedades otimizadas em relação a suas contrapartes em escala volumosa. Um nanômetro é um bilésimo de metro. A nanotecnologia tem por objetivo a formação, caracterização, manipulação e aplicação destas partículas em pequena escala. Muitos catalisadores são empregados para acelerar o processo de síntese e diminuir a energia de ativação, tais como calor, pressão e luz. Este último é bastante usado, porém existe ausência de dados contundentes sobre o papel de como cada comprimento de onda (cores) oriundo da decomposição da luz branca atua no processo de síntese de nanopartículas, no rendimento reacional e tamanho de partícula. A Bougainvillea glabra Choisy, tradicionalmente conhecida por ser uma planta ornamental, bastante utilizada em jardins, sua folha apresenta uma grande usabilidade para tratar distúrbios como diarréia, acidez estomacal, tosse, bronquite, asma, dor de garganta e etc., e além das folhas, as suas brácteas também possuem devida importância, pois apresentam compostos com as betalaínas e as betacianinas. Em nosso trabalho, foram utilizados Diodos Emissores de Luz (LED) como dispositivo para compreender melhor o trabalho de cada cor de luz nesse processo de síntese. Ainda, se utilizando da Bougainvillea glabra Choisy, foi preparado um extrato, sendo pesado 3g de pó de brácteas em 135 mL da mistura 1:2 (etanol : água v/v) e colocado sob agitação por 24 horas (55°C e 150 rpm). Após o determinado tempo, o extrato foi filtrado a vácuo e armazenado em frasco limpo e em ambiente escuro, para não haver degradação e, assim, logo, disponível para uso. Para síntese das nanopartículas, foi adicionado 40 mL de AgNO3 (1 mM) em 10 mL de extrato hidroalcóolico das brácteas da Bougainvillea glabra Choisy (pH = 9, utilizando solução 0,1M de NaOH), e esta mistura contida em erlenmeyer, foi incubada em caixa revestida internamente com fita de LED-RGB sob agitação constante por 24 horas. Após, procedeu-se com a caracterização físico-química com as técnicas: espectroscopia no ultravioleta/visível e espalhamento da luz dinâmico. Logo, pode-se observar um aumento gradual no rendimento reacional do comprimento de onda vermelho (67.3±4.9%) para o violeta (89.4±2.6%) relacionado ao comprimento de onda de máxima absorbância no ultravioleta-visível baseado na lei de Beer-Lambert, que rege a síntese da prata coloidal. As cores mais energéticas forneceram tamanhos hidrodinâmicos menores (~ 150 nm) em relação as cores menos energéticas (~ 440 nm). No estudo comparativo, a formulação AgNPs/LED branco forneceu tamanho hidrodinâmico menor (221.05±32.43 nm) e maior rendimento reacional (90.7±0.07%) em relação a AgNPs/luz ambiente que apresentou tamanho hidrodinâmico 291.05±21.58 nm e rendimento reacional 77.1±2.9%. Foi demonstrado também, o comportamento sigmoidal, do tamanho hidrodinâmico em função do comprimento de onda oriundo da decomposição da luz branca. Neste estudo calculamos valores de constante cinética de taxa de redução/nucleação (k1) e crescimento exponencial (k2), sendo os valores 1.27 x 10-5 h-1 e 1.26 L. mmol-1.h-1 respectivamente, empregando a equação 1. As cores mais energéticas estão relacionadas a k1, por produzirem maiores rendimentos reacionais e fornecerem tamanhos de partículas menores, e as cores menos energéticas relacionadas a k2 pois produzem tamanhos de partícula maiores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-11-23
Como Citar
SEVERO MOLINA, H.; CEZAR DOTTA FILHO, A.; RICARDO SIGAL CARRIÇO, M.; LUIS GASPAROTTO DENARDIN, E.; ROEHRS, R. PRODUÇÃO DE NANOPARTICULAS DE PRATA POR BOUGAINVILLEA GLABRA CHOISY: INFLUÊNCIAS DO COMPRIMENTO DE ONDA DA LUZ. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 2, n. 14, 23 nov. 2022.