LIBERAÇÃO MIOFASCIAL INSTRUMENTAL NA ESCOLA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NA “FEIRA DE PROFISSÕES” NO I.E.E ELISA FERRARI VALLS

  • Bruno Ben Pilissão
  • Mariana Lentz Moreira
  • Katle Andressa Rodrigues
  • Alexandre Palma Pacheco
  • Nelson Francisco Serrao Junior
  • Gustavo Pilon de Angelo
Rótulo Fisioterapia, Fáscia, Liberação, Miofascial, Instrumental

Resumo

A fáscia é caracterizada como um conjunto de camadas de tecido conjuntivo fibroso do tipo resistente e elástico, sendo dividida em superficial e profunda, a superficial está localizada logo abaixo da pele e a profunda envolve toda a musculatura esquelética, nervos e também pelas vísceras do corpo formando uma única estrutura. É composta por água, colágeno e sobretudo por elastina e as suas principais funções envolvem a proteção, sustentação, separação de estruturas e a realização da lubrificação desse tecido permitindo o deslizamento da musculatura. Quanto à lubrificação, quando se encontra baixa é pelo fator proveniente da má nutrição, consequentemente, aumenta as chances de tensões e lesões por conta de aderências, ocasionando um enrijecimento do tecido e diminuição da amplitude de movimento. Nestes casos, a liberação miofascial é eficiente por ser uma técnica preventiva de lesões e por reduzir a dor muscular, podendo ser realizada manualmente ou com o auxílio de equipamentos, diante disso, como repercussão se espera uma melhora no quadro álgico, bem como, aumento da mobilidade e relaxamento dos músculos. O objetivo deste trabalho foi relatar a importância e os benefícios da aplicação da técnica de Liberação Miofascial Instrumental para intervir em quadros álgicos de jovens e adultos, em um evento escolar como a Feira das Profissões, tanto para o acadêmico de fisioterapia por ser uma experiência prática e, quanto para os estudantes do ensino médios e aos funcionários, para que os mesmos possam ter a experiência da aplicabilidade da técnica e seus benefícios oriundos da fisioterapia, como a analgesia. Para a metodologia do presente trabalho foi realizado um estudo do tipo relato de experiência referente a liberação miofascial instrumental (LMI), realizado em agosto de 2022, no IEE Elisa Ferrari Valls,na cidade de Uruguaiana, localizada no Rio Grande do Sul, onde participaram 8 voluntários entre alunos e funcionários, com a idade entre 15 e 66 anos, realizando o uso da Instrument Assist Soft Tissue Mobilization (IASTM), conceito Gustavo Pilon, o qual se refere a uma técnica de manipulação e liberação instrumental da fáscia, que visa liberar aderências da fáscia sobre o músculo, resultando em uma diminuição do quadro álgico do participante e uma melhora do arco do movimento, aumentando sua amplitude de movimento. O quadro álgico foi relatado pelo próprio participante e classificado a partir da escala de Borg entre 1 a 10, antes e após a intervenção da técnica IASTM. Ao chegar no IEE Elisa Ferrari Valls, instalamos o nosso estande de Fisioterapia - Unipampa, onde foi colocado em evidência os Instrument Assist Soft Tissue Mobilization (IASTM), juntamente com uma maca e a Escala de Borg, onde ficaram expostos para a comunidade escolar se aproximar, dando a possibilidade de obterem conhecimentos sobre a LMI e participarem de um atendimento. À vista disso, foi questionado se o participante apresentava algum ponto de dor ou aderência, caso a resposta fosse positiva, era emitido um convite para comparecer a uma sessão de LMI por 5 minutos, ao aceitar o convite, o mesmo deveria responder um questionário referente ao seu nome e idade, classificando a sua dor através da Escala de Borg entre 1 a 10. Após estas etapas, os mesmos foram submetidos à técnica de LMI, utilizando-se dos IASTM e ao término da sessão, era aplicada novamente a Escala de Borg, onde se alcançou uma diminuição significativa do quadro álgico do participante, devido a liberação das aderências e melhora da biomecânica do movimento. Desse modo, foi possível afirmar que a técnica de liberação miofascial apresenta grande relevância para intervir em quadros dolorosos envolvendo a musculatura e fáscia. E como a participação em eventos escolares é de suma importância para evidenciar de forma prática os benefícios e a aplicabilidade da manipulação da fáscia de forma rápida e com resultados positivos, onde foi demonstrado uma efetiva resposta a quadros álgicos, reduzindo dores e melhorando a qualidade do movimento

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-11-23
Como Citar
BEN PILISSÃO, B.; LENTZ MOREIRA, M.; ANDRESSA RODRIGUES, K.; PALMA PACHECO, A.; FRANCISCO SERRAO JUNIOR, N.; PILON DE ANGELO, G. LIBERAÇÃO MIOFASCIAL INSTRUMENTAL NA ESCOLA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NA “FEIRA DE PROFISSÕES” NO I.E.E ELISA FERRARI VALLS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 2, n. 14, 23 nov. 2022.