INFLUÊNCIA DA CICLICIDADE NA TAXA DE CONCEPÇÃO DE VACAS ANGUS SUBMETIDAS À PROTOCOLOS DE IATF UTILIZANDO DIFERENTES ÉSTERES DE ESTRADIOL

  • Gabriela Motta
  • Vanessa Da Silveira Pereira
  • Eliza Rossi Komninou
  • Lizandro dos Santos Lopes
  • Cássio Cassal Brauner
  • Marcio Nunes Corrêa
Rótulo Ciclicidade, Desempenho, reprodutivo, Taxa, concepção

Resumo

O setor pecuário aquece a economia do país, a pecuária de corte em 2020 representou 10% do PIB brasileiro. O período de transição e pós-parto são desafiadores para as matrizes e influenciam a retomada da ciclicidade, o período de espera voluntária (PEV) bem como o anestro podem ser reduzidos. Neste sentido, visando melhores índices reprodutivos, algumas estratégias podem ser adotadas: incremento nutricional, manejo sanitário, bem como adoção de protocolos hormonais no início da estação reprodutiva. A avaliação da ciclicidade é uma ferramenta importante para o sucesso da taxa de concepção, onde o protocolo de inseminação artificial em tempo fixo (IATF) reduz o número de animais em anestro pois estimula a retomada do eixo hipotalâmico gonadal. Através do IATF há aumento dos níveis plasmáticos de progesterona desfazendo o feedback negativo exercido pelos níveis elevados de estrógeno nos neurônios hipotalâmicos, concomitando em uma ovulação. Neste sentido, o uso de diferentes protocolos de IATF utilizando diferentes ésteres de estradiol têm sido estudados a fim de otimizar a sincronização da ovulação e consequentemente aumentar a desempenho reprodutivo do rebanho. Portanto, o estudo teve como objetivo avaliar o efeito da ciclicidade na taxa de concepção de vacas Bos taurus, comparando protocolos de IATF com valerato de estradiol (VE) e com benzoato de estradiol (BE). O experimento foi desenvolvido em uma propriedade localizada no município de Rio Grande, Rio Grande do Sul. O projeto foi submetido ao Comitê de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e aprovado sob numeração 018821/2022-74. Um total de 294 vacas multíparas da raça Aberdeen Angus foram distribuídas aleatoriamente em 2 grupos experimentais, grupo BE (n=149) e grupo VE (n=145) para o estudo. O grupo BE recebeu benzoato de estradiol via intramuscular (IM) + implante de progesterona (P4) no dia zero (D0). Nove dias após (D9), a P4 foi retirada e aplicou-se cipionato de estradiol (CE), Gonadotrofina Coriônica Equina (eCG) e prostaglandina (Pgf2α) via IM. Após 48 horas (D11) os animais foram inseminados. Para o grupo VE, no D0 foi administrado valerato de estradiol IM + implante P4, seguido de retirada do implante de P4 + administração de eCG IM (D9), seguido de inseminação após 56 horas (D11). A ciclicidade foi aferida através de ultrassonografia trans retal no início dos protocolos, avaliando a presença de corpo lúteo ovariano, bem como tonicidade uterina. A taxa de concepção foi calculada a partir do número de animais que emprenharam em relação ao número de animais que foram inseminados. Além disso, foram realizadas pesagem das vacas e avaliação do escore de condição corporal (ECC). Amostras de sangue foram coletadas por punção da veia coccígea para avaliação de progesterona. Para fins estatísticos utilizou-se o teste de Qui-quadrado para dados qualitativos, e analise de variância (ANOVA) e teste F para dados quantitativos, onde o nível de significância foi de p>0,05. A ciclicidade foi semelhante com ambos protocolos de IATF, onde o grupo BE teve 31,58% (12/38) de taxa de concepção em comparação com 27,91% (12/43) no grupo VE (P 0,80), em vacas cíclicas. Para animais em anestro a mesma semelhança entre grupos foi encontrada entre os tratamentos, onde BE teve 24,1% (20/83) comparado a 22% (18/79) na taxa de concepção. Portanto, o tratamento com ambos ésteres de estradiol demostrou-se eficaz para utilização em vacas Bos taurus, sendo ambos eficientes na taxa de concepção, tanto de vacas cíclicas quanto de vacas em anestro.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-11-23
Como Citar
MOTTA, G.; DA SILVEIRA PEREIRA, V.; ROSSI KOMNINOU, E.; DOS SANTOS LOPES, L.; CASSAL BRAUNER, C.; NUNES CORRÊA, M. INFLUÊNCIA DA CICLICIDADE NA TAXA DE CONCEPÇÃO DE VACAS ANGUS SUBMETIDAS À PROTOCOLOS DE IATF UTILIZANDO DIFERENTES ÉSTERES DE ESTRADIOL. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 2, n. 14, 23 nov. 2022.