OS IMPACTOS AMBIENTAIS GERADOS PELO DESCARTE DO LIXO HOSPITALAR NO PERÍODO DA PANDEMIA DA COVID-19

  • Daiane Ferreira da Silva
  • Flaviani Souto Bolzan Medeiros
Rótulo Impacto, ambiental, COVID-19, Lixo, hospitalar, Resíduos

Resumo

A pandemia da COVID-19 trouxe diversos fatores prejudiciais à humanidade, dentre eles os impactos ambientais com o uso desmedido de utensílios hospitalares, ocasionando no grande número de descarte de lixo hospitalar. De acordo com a Environmental Protection Agency (EPA, 2021) Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos resíduos hospitalares são todos os resíduos que são produzidos, sendo estes os resíduos alimentares, administrativos e médicos que são classificados como lixo hospitalar. Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE, 2020), o lixo hospitalar durante o período da pandemia da COVID-19 aumentaria cerca de vinte vezes mais do que o normal, isso levando em consideração a quantidade de pessoas que estão utilizando este tipo de serviço durante este período em razão do Coronavírus. Dentre os utensílios mais usados e que são descartados estão as luvas que os profissionais da saúde utilizam e as máscaras, que os pacientes e os profissionais fazem uso durante e depois do atendimento hospitalar. Para saber como ocorre o recolhimento destes resíduos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA, 2020) determina que o lixo hospitalar, assim como, o lixo doméstico seja recolhido da forma que lhe couber, alguns de acordo com sua legislação específica, logo, são descartados e tratados de acordo com o Manual de Norma Assépticas do Ministério da Saúde. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho consiste em analisar os impactos ambientais gerados pelo descarte do lixo hospitalar durante a pandemia do Coronavírus. Para isso, metodologicamente, adotou-se uma pesquisa bibliográfica (GONSALVES, 2011), realizada na base de dados Google Acadêmico e utilizando como termos de busca impactos causados pela COVID-19 no meio ambiente. Sendo assim, delimitou-se a procura por artigos publicados na língua portuguesa e divulgados no ano de 2021. A partir destes filtros, obteve-se cerca de 168 resultados. Dentre os resultados obtidos, destaca-se que um dos artigos encontrados ressalta o aumento significativo de lixo hospitalar durante o período da pandemia ao redor do mundo e como é extremamente preocupante para o meio ambiente por se tratarem de resíduos que são diariamente produzidos em grande escala e que, muitas vezes, não tem sua coleta realizada de forma correta. Ademais, para que ocorra uma redução na produção de resíduos hospitalares, seria necessário a implementação de um sistema com intuito de diminuir o custo da pandemia para o sistema de saúde. Deste modo, faria com que o sistema fosse aliviado e, consequentemente, menos resíduos seriam gerados. E ainda, o uso de aventais reutilizáveis com tecido em algodão seria uma alternativa importante para reduzir o descarte desse utensílio que é de uso dos profissionais da saúde e também dos pacientes (BAKER, 2020). Diante do exposto, como forma de sugestão para a diminuição no descarte de resíduos hospitalares, sugere-se o uso de máscaras reutilizáveis, modo que diminua o uso desta em grande quantidade, mas para que isso seja possível é necessário investimento público nas redes hospitalares com a finalidade de que hajam os equipamentos adequados para fins de esterilização para estas máscaras que seriam reutilizadas. Por conseguinte, os impactos ambientais gerados pelo descarte do lixo hospitalar no período da pandemia da COVID-19 ainda são incalculáveis em razão da pandemia ainda estar presente no mundo atualmente. No que tange a produção de lixo hospitalar, este ainda é produzido em grande escala em razão das internações hospitalares. Sendo assim, é necessário que futuramente se dê continuidade nessa discussão para que seja possível ter novos resultados sobre os impactos ambientais que estão sendo gerados em razão da pandemia do Coronavírus no Brasil e no mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
FERREIRA DA SILVA, D.; SOUTO BOLZAN MEDEIROS, F. OS IMPACTOS AMBIENTAIS GERADOS PELO DESCARTE DO LIXO HOSPITALAR NO PERÍODO DA PANDEMIA DA COVID-19. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.