A INSERÇÃO POLÍTICA DOS CIDADÃOS NA TOMADA DE DECISÕES PÚBLICAS SOBRE CIÊNCIA

  • Murillo Matos Marques
  • Thaís Nogueira dos Santos Borges
  • Luiza de Brito Marques
  • Jackson Iuri dos Reis
  • Bruna Ramires Betim
  • Cristina dos Santos Lovato
Rótulo Divulgação, científica, Mídia, online, Percepção, pública, ciência

Resumo

A pandemia de coronavírus (Covid-19) serviu de alerta para demonstrar a necessidade de informar a sociedade sobre a natureza da atividade científica e sua importância para a sociedade. Tanto que a ciência figurou como a única possibilidade de enfrentamento do caos econômico e da crise sanitária instaurada nos últimos dois anos. Há muito tempo a promoção de uma percepção pública da ciência, e isso inclui a compreensão da natureza da atividade científica e da pesquisa, e não somente o conhecimento de alguns fatos (CARIBÉ, 2015, p. 94), é tema de debate em várias áreas de conhecimento. A divulgação científica, enquanto um dos eixos da comunicação da ciência, cumpre a função de informar, em uma linguagem acessível por meio da utilização de um conjunto de recursos linguísticos, a sociedade no geral sobre Ciência e Tecnologia (C&T) de modo a inseri-las no cotidiano da população. À vista disso, o projeto de extensão CiênciAção: Observatório Interdisciplinar de Divulgação Científica e Cultural, desenvolvido na Unipampa, no campus Itaqui, é uma mídia on-line cujo objetivo é contribuir para a compreensão pública da ciência através da publicação de textos que abordem resultados de pesquisas concluídas e em andamento e material científico, no geral, produzido nos dez campi da instituição. A equipe do projeto é constituída por acadêmicos do curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do campus de Itaqui, Publicidade e Propaganda do campus São Borja e Biotecnologia do campus São Gabriel, bem como docentes e técnicos da UNIPAMPA e colaboradores externos. Este trabalho corresponde à primeira etapa de uma pesquisa mais ampla. Aqui apresentamos os dados coletados a partir de um formulário elaborado na plataforma Google forms e enviado por e-mail aos servidores e discentes da Unipampa e que ficou aberto por vinte e quatro horas. Trata-se de uma pesquisa qualiquantitativa. Os procedimentos metodológicos fundamentaram-se na pesquisa participativa. Supõe-se que esse tipo de metodologia possibilite a interação entre os sujeitos participantes da pesquisa em todas as atividades educativas propostas (GIL, 2002). O formulário foi composto pelas seguintes questões: 1)Você conhece o CienciAção, 2) Por qual mídia digital você conheceu o CienciAção?, 3)Você acha importante divulgar as ações de pesquisa e ensino da UNIPAMPA, 4)Com que frequência você tem acesso a textos científicos, além do CienciAção e 5)Qual sua opinião sobre o site do CienciAção? Obtivemos 30 respostas. Quanto à questão Você conhece o CienciAção?56,7% responderam que sim, e 40%, que não conhecem. Para a questão Por qual mídia digital você conheceu o CienciAção?, 40% responderam que conheceram o Projeto CienciAção a partir do E- mail institucional, 20% Instagram, 16% a partir do Facebook, 8% Site, 4% participando do projeto, 4% a partir de docentes e 4 % formulário de pesquisa enviado via WhatsApp. Questão 3 Você acha importante divulgar as ações de pesquisa e ensino da UNIPAMPA? Recebemos 30 respostas totalizando 100%. Questão 4 Com que frequência você tem acesso a textos científicos, além do CienciAção? Adquirimos 3 respostas na escala 1 (10%), 6 respostas na escala 2 (20%), 9 respostas na escala 3 (30%), 5 pessoas na escala 4 (16,7%) e 7 pessoas na escala 5 (23,3%).Na questão que perguntava a opinião da comunidade acadêmica sobre o projeto, a maioria respondeu que o projeto é um desempenha um papel muito importante na instituição para que a população tenha conhecimento sobre o que produzimos e conheça o quanto ela está presente em nosso entorno. Os resultados coletados até o momento indicam que a comunidade acadêmica percebe a necessidade de promover uma compreensão pública da ciência para torná-la uma ferramenta política para que o cidadão possa exercer seus direitos, bem como desenvolver uma percepção pública da ciência de modo a adquirir um conjunto de atitudes em relação à ciência e tecnologia que podem ser observadas nas suas intenções e atitudes comportamentais em seu dia a dia. Essas habilidades permitem ao indivíduo acessar o conhecimento científico e tecnológico e, ao ter senso de posse desse conhecimento, explorar suas ramificações com entendimento sobre a natureza e o funcionamento da ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
MATOS MARQUES, M.; NOGUEIRA DOS SANTOS BORGES, T.; DE BRITO MARQUES, L.; IURI DOS REIS, J.; RAMIRES BETIM, B.; DOS SANTOS LOVATO, C. A INSERÇÃO POLÍTICA DOS CIDADÃOS NA TOMADA DE DECISÕES PÚBLICAS SOBRE CIÊNCIA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.