GUIA VIRTUAL DOS MUSEUS DE SÃO BORJA

  • Ana Marcia Caldeira Nilson
  • Alciane Nolibos Baccin
Rótulo Museu, Virtual, Comunicação, museológica, Educação, patrimonial

Resumo

Os museus são os principais espaços para a preservação patrimonial, neles se mantém acervos que relatam diversos momentos históricos e em exposição atuais. As mudanças sociais e tecnológicas, pelas quais passou e passa a sociedade, abrem novas possibilidades de visibilidade e valorização desses espaços museológicos, dentre essas novas formas de manutenção museológica está o museu virtual. Diante disso, a dissertação Guia Virtual dos Museus de São Borja: Comunicação Museológica contribuindo para a Educação Patrimonial é a continuação do projeto de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I), desenvolvido no PPGCIC, denominado Guia Virtual dos Museus de São Borja. Esse projeto foi a criação de uma ação de comunicação para divulgação de alguns dos museus municipais da cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul. Portanto, a temática desta pesquisa aplicada propõe a conexão entre comunicação, educação, museus e suas interfaces, pois são elementos que se interligam. A comunicação está intrinsecamente inserida no trabalho dos museus, sendo importante para o desempenho da comunicação museológica. Essa pesquisa também está ligada ao sentimento de identidade sobre os aspectos culturais locais e a possibilidade real da comunicação gerar benefícios para os museus. Esta pesquisa aplicada pode servir de motivação aos profissionais da comunicação e dos museus para novas perspectivas no campo museológico a partir do uso de ferramentas virtuais, criando produtos de comunicação voltados para os museus e espaços culturais, também é importante para auxiliar estudantes de diferentes nível de ensino, servindo como base e fontes de pesquisas digitais, bem como espaço para visitas virtuais. Ao longo da pesquisa, percebemos que a comunicação museológica é importante para a manutenção das atividades nos museus, as ações de comunicação encontram uma estrutura rica em patrimônio cultural para ser explorado. Essa dissertação em curso traz alguns conceitos pontuais, e para melhor entendimento foi realizada uma pesquisa bibliográfica a partir de consultas em acervos digitais como a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) e o Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e acervos físicos dos museus. O percurso metodológico adotado inclui a pesquisa bibliográfica para compreender a origem dos museus, os conceitos de patrimônio cultural e memória coletiva; refletir sobre os museus enquanto espaços de práticas pedagógicas, de educação patrimonial e como pertencente da Indústria Criativa; entender os aspectos comunicacionais que influencias as práticas museais como a comunicação em rede e a comunicação museológica; bem como compreender os museus virtuais. Através desse percurso, pretende-se responder à seguinte pergunta norteadora: como a Comunicação Museológica pode contribuir para a Educação Patrimonial em São Borja, a partir do site Guia Virtual dos Museus de São Borja? A abordagem da pesquisa é qualitativa, pois, por meio da aplicação de questionários para estudantes da rede pública de São Borja e entrevistas aprofundadas com professores da rede pública de ensino de São Borja que trabalham com a temática dos museus, procuraremos compreender se o Guia Virtual dos Museus, como uma estratégia de comunicação museológica pode colaborar na educação sobre o patrimônio local. A discussão do que vem a ser um museu virtual é complexa e carece de trabalhos que tratam especificamente deste tema, em especial no campo da museologia e da Comunicação digital. Entre os autores cujos trabalhos vêm contribuindo para essa discussão, destacamos Carlan (2008), Carvalho (2005), Castells (2002, 2003, 2018), Cury (2005, 2013), Feil (2017), Firjan (2014), Florida (2011), IBRAM (2012), Lemos (2015, 2020), Lévy (1999, 1993), Roque (2010, 2011, 2012), Recuero (2009), Santaella (2010). Estes autores nos ajudam a compreender conceitos basilares para as discussões que sustentam nossa análise. Concomitante à compreensão dos conceitos chaves do nosso trabalho, apresentamos o Guia Virtual dos Museus de São Borja para alunos da rede pública do ensino fundamental e médio e para estudantes de graduação de história de uma universidade privada. Na sequência, foi aplicado um questionário com 23 questões para as turmas de nível superior, médio e fundamental. Foram obtidas 111 respostas. Estamos realizando entrevistas em profundidade com os docentes de história dessas três turmas. A presente pesquisa está em curso, mas já nos permite tecermos algumas considerações a cerca desta pesquisa, entre elas destacamos a importância de aproximarmos comunicação, educação e museus, tendo em vista que produtos comunicacionais sobre os museus podem servir como recursos didáticos para estudantes dos mais diferentes níveis de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
MARCIA CALDEIRA NILSON, A.; NOLIBOS BACCIN, A. GUIA VIRTUAL DOS MUSEUS DE SÃO BORJA. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.