A INFRAESTRUTURA HOSPITALAR NO PICO DA PANDEMIA: OS LEITOS E RESPIRADORES NA REGIÃO IMEDIATA DE CAXIAS DO SUL (RS)

  • Taís Caroline Vieira Flores
  • Juliana de Oliveira Moreira
  • Nola Patricia Gamalho
Rótulo Pandemia, região, Caxias, Sul

Resumo

A nova pandemia de coronavírus (Covid-19), anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em março de 2020, causou muitas mudanças no modo de vida no mundo inteiro. Para responder à crescente demanda por saúde, os sistemas hospitalares foram particularmente necessários em todos os países afetados, o que levou a um olhar mais atento à organização e ao investimento necessário nesses serviços. Nesse sentido a pesquisa em andamento busca respostas que contemplem a necessidade de conhecimento da infraestrutura hospitalar existente nas regiões do Rio Grande do Sul a partir de um estudo de dados sobre o número de leitos de UTI adulto, leitos clínicos e ventiladores existentes nos municípios, somados as existentes redes públicas e privadas, divididas de acordo com o critério de regionalização de regiões imediatas e intermediárias estabelecido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado em 2017. O presente trabalho refere-se a pesquisa sobre a infraestrutura dos hospitais da região imediata Caxias do Sul /RS no pico da pandemia da Covid-19 na data de 31 de março de 2021.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
CAROLINE VIEIRA FLORES, T.; DE OLIVEIRA MOREIRA, J.; PATRICIA GAMALHO, N. A INFRAESTRUTURA HOSPITALAR NO PICO DA PANDEMIA: OS LEITOS E RESPIRADORES NA REGIÃO IMEDIATA DE CAXIAS DO SUL (RS). Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.