FATORES ASSOCIADOS À DISPAREUNIA EM MULHERES BRASILEIRAS SEXUALMENTE ATIVAS

  • Paula Somavilla
  • Mariana Paschoarelli de Souza
  • Guilherme Tavares de Arruda
  • Erisvan Vieira da Silva
  • Melissa Medeiros Braz
  • Hedioneia Maria Foletto Pivetta
Rótulo Mulheres, Função, sexual, Sexualidade, Saúde, Mulher, Dor

Resumo

A dispareunia é definida, em mulheres, como dor recorrente ou persistente durante a atividade sexual. Constitui uma disfunção comumente encontrada e estima-se que a prevalência mundial de dispareunia varie entre 3 a 18%. Esta condição pode ser classificada como superficial ou profunda, primária ou secundária, e sua etiologia abrange condições estruturais, inflamatórias, infecciosas, neoplásicas, traumáticas, hormonais e psicossociais. A dispareunia pode ter impactos significativos na saúde física e mental da mulher, na autoimagem corporal, nos relacionamentos com os(as) parceiros(as) e nos esforços para engravidar. Pode levar ou estar associada a outros distúrbios da disfunção sexual feminina, como diminuição da libido, da excitação e anorgasmia. Também pode causar depressão, ansiedade, hiper vigilância à dor e à baixa autoestima. A dispareunia é, portanto, um problema de saúde que influencia diretamente na qualidade de vida feminina e deve ser investigado e tratado com cautela. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi analisar os fatores associados à dispareunia em mulheres brasileiras sexualmente ativas. Trata-se de um estudo transversal realizado através de um formulário online que foi transcrito na plataforma Google Forms e divulgado nas redes sociais dos pesquisadores e voluntárias entre os meses de abril e junho de 2021. A pesquisa foi aprovada sob o número do parecer 4.027.422. Foram incluídas no estudo mulheres adultas sexualmente ativas nas últimas 4 semanas, sendo excluídas as mulheres transsexuais e com autorrelato de esquizofrenia. Para a divisão dos grupos de mulheres com dispareunia (GCD) e sem dispareunia (GSD), foi utilizado o ponto de corte de 5,5 pontos para o domínio dor sexual do Female Sexual Function Index (FSFI), conforme Jamili et al. (2016). Este domínio é composto por 3 itens que avaliam a dor durante a penetração vaginal nas últimas 4 semanas, no qual pontuações mais baixas indicam maior dor. A comparação entre os grupos foi realizada pelo teste U de Mann-Whitney e Qui-Quadrado. As variáveis com diferença significativas nestes testes foram incluídas no modelo de regressão logística binária com análise ajustada para os fatores associados à dispareunia e controle de fatores confundidores. Para todos os testes, utilizou-se p

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
SOMAVILLA, P.; PASCHOARELLI DE SOUZA, M.; TAVARES DE ARRUDA, G.; VIEIRA DA SILVA, E.; MEDEIROS BRAZ, M.; MARIA FOLETTO PIVETTA, H. FATORES ASSOCIADOS À DISPAREUNIA EM MULHERES BRASILEIRAS SEXUALMENTE ATIVAS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.