O EXTRATO DAS BRÁCTEAS DA BOUGAINVILLEA GLABRA CHOISY NO TRATAMENTO DO QUADRO PARKINSON'S LIKE INDUZIDO POR PARAQUAT REDUZ OS SINTOMAS

  • Aline Castro Caurio
  • Camille Cadore Rodrigues
  • Fabyane Sacramento Anunciação
  • Rafael Roehrs
  • Elton Luis Gasparotto Denardin
Rótulo Drosophila, melanogaster, Paraquat, Bougainvillea, glabra, Choisy

Resumo

A expectativa de vida da população mundial tem crescido, aproximadamente 76,6 anos em 2019; com isso o envelhecimento da população está presente. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 22% da população mundial terá mais de 60 anos em 2050. Com o aumento da expectativa de vida, também cresce a incidência de doenças crônicas degenerativas e neurodegenerativas. As doenças neurodegenerativas mais prevalentes no mundo é a Doença de Alzheimer, em 2015, com 46,8 milhões e a Doença de Parkinson, em 2016; com 6,1 milhões de pacientes em todo o mundo, onde o envelhecimento é o principal fator de risco. Até os dias de hoje, muitas terapias são usadas para diminuir a progressão ou controlar o efeito destas desordens decorrentes do envelhecimento, mas a baixa efetividade destes tratamentos requer a busca por novas alternativas que tragam benefícios significativos para pacientes que sofrem desses transtornos. Nos dias de hoje, não há cura e nem tratamento específico para tais doenças, fato este que é necessário a busca de estratégias antienvelhecimento que permitam um envelhecimento saudável, proporcionando maior qualidade de vida aos indivíduos. Através disso, o desenvolvimento de novas opções terapêuticas capazes de modificar a evolução natural dessas doenças e dos sintomas, sendo mais eficazes, seguros e que diminuam os efeitos colaterais são necessárias. Algumas plantas têm sido muito importantes para a saúde humana há séculos, diversas evidências demonstram que os extratos de plantas possuem atividades biológicas como propriedades antioxidantes, anticâncer, anti-inflamatórias, anti-obesidade, entre outras. A Bougainvillea glabra Choisy é muito utilizada como planta ornamental em jardins. Tradicionalmente, as folhas de B. glabra são utilizadas para tratar distúrbios como diarreia, acidez estomacal, tosse, bronquite, asma, dor de garganta e hepatite, possuindo importantes propriedades farmacológicas como: antibacteriana, anti-hiperglicêmica, antifúngica e analgésica. Estudos com plantas medicinais têm sido bastante eficazes com a finalidade de encontrar alternativas para reduzir os sintomas e/ou efeitos causados por estas doenças proporcionando melhores condições de vida aos pacientes acometidos. Com isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade do extrato bruto de brácteas da Bougainvillea glabra Choisy na recuperação do quadro psicomotor induzido pelo PQ. A extração foi feita em solução de etanol - água destilada (1:3 v/v) sob agitação mecânica e aquecimento por 24 horas (150 rpm, 35oC) com posterior filtração, evaporação sob vácuo e liofilização. Para os ensaios in vivo, o modelo experimental utilizado foi a Drosophila melanogaster, do tipo selvagem, criada em meio de cultura padrão. Foram crioanestesiadas 20 moscas macho com até 05 dias de maturidade para cada replicata (n = 6) e tratadas em meio ágar (1%), durante 04 dias. A indução na mosca da fruta foi através de um conhecido agente indutor de dano neurológico; um herbicida comercial amplamente utilizado no mundo para o controle de ervas daninha anuais e perenes em várias culturas que gera um quadro clínico semelhante ao parkinson 's like: o paraquat®. O meio de tratamento foi renovado a cada 24 horas de exposição de acordo com cada grupo: Controle negativo: ágar 1%; Controle positivo: PQ 2,5mM; Controle do Extrato: extrato 120µg/mL; Tratamentos 1, 2 e 3 (T1, T2 E T3): Extrato + PQ: Extrato 30, 90 e 120µg/mL (separadamente) + PQ 2,5mM (respectivamente). No ágar 1% é acrescentado leite em pó e sacarose, todos na concentração de 1%. Ao término do ensaio, as moscas sobreviventes foram usadas para o ensaio de geotaxia negativa (GN). Os resultados foram expressos em média ± erro padrão e comparados usando ANOVA de uma via, com múltiplas comparações usando teste de Bonferroni (p < 0,0001). A mortalidade do extrato não apresentou diferença estatística com o controle, mostrando que o extrato não atua na proteção contra o dano letal da perda dopaminérgica. Por outro lado, na GN os grupos tratamentos T1, T2 e T3 apresentaram recuperação significativa, o que demonstra que o extrato não defende o organismo contra o dano dopaminérgico, mas trata amenizando seus sintomas. Com isso, concluímos que o extrato da Bougainvillea glabra Choisy foi eficaz no tratamento do quadro Parkinson 's like induzido pelo PQ.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
CASTRO CAURIO, A.; CADORE RODRIGUES, C.; SACRAMENTO ANUNCIAÇÃO, F.; ROEHRS, R.; LUIS GASPAROTTO DENARDIN, E. O EXTRATO DAS BRÁCTEAS DA BOUGAINVILLEA GLABRA CHOISY NO TRATAMENTO DO QUADRO PARKINSON’S LIKE INDUZIDO POR PARAQUAT REDUZ OS SINTOMAS. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.