DETERMINAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE PRESENTE NO STARTER DE KOMBUCHA VISANDO A PRODUÇÃO DE BIOFILMES

  • Maria Marimon
  • Isac Gonçalves de Oliveira
  • Andressa Carolina Jacques
  • Miriane Lucas Azevedo
Rótulo Biodegradáveis, SCOBY, Meio, ambiente

Resumo

A bebida kombucha, que vem se popularizando no Brasil, é sensorialmente doce e gaseificada, produzida a partir da infusão de Camellia Sinenses que pode ser tanto chá verde como chá preto, sacarose e uma colônia simbiótica de leveduras e fungos - SCOBY (Symbiotic Culture of Bacteria and Yeasts) - formada principalmente por celulose e sua colônia se desenvolve em um meio denominado starter. Alguns benefícios têm sido estudados sobre o consumo desta bebida, como ação antioxidante, controle do índice glicêmico e prevenção de câncer, devido à presença de algumas vitaminas, polifenóis e aminoácidos, e outros micronutrientes produzidos durante a fermentação. Durante o processo de fermentação, diversos ácidos são formados como ácido acético, tartárico, málico, glucônico e ácido cítrico (em menor porcentagem), tais ácidos que dão o sabor azedo na bebida, Os filmes biodegradáveis são filmes finos, não poluentes e não tóxicos, produzidos a partir de uma fonte de matriz que pode ser lipídios, proteínas e polissacarídeos, solventes que podem ser água e etanol e agentes plastificantes que podem ser glicerol, sorbitol e ácidos graxos, além de extratos que podem ser incorporados na elaboração do filme, para fornecer propriedades antioxidantes e antimicrobianas ao biofilme. Sua pesquisa para desenvolvimento, a fim de minimizar o uso de materiais sintéticos, vem se aumentando nos últimos anos devido ao fato da redução do impacto ambiental e acúmulo excessivo de plástico no planeta. A partir dessas alegações, o objetivo deste trabalho foi quantificar antioxidantes presentes no starter do SCOBY para potencial uso como extrato no desenvolvimento de filmes biodegradáveis. Primeiramente para a obtenção de amostra, foi pesado 2,5 g de starter (mistura de chá verde e açúcar onde o SCOBY fica armazenado) em triplicata com 10 ml de metanol, homogeneizada e armazenada por 24 horas em baixa temperatura (3-4 ºC). Para avaliar a capacidade antioxidante, foi realizada uma reação colorimétrica, com leitura em espectrofotômetro a 517 nm, no qual seu resultado foi expresso em percentagem de inibição do radical DPPH (2,2-difenil-1-picril-hidrazil). Como resultado, obteve-se 10,38% de inibição que os antioxidantes do starter têm sobre os radicais livres. A Avaliação da atividade antioxidante é de grande importância, pois quanto maior a sua atividade menor a reação de oxidação, ou seja, maior a vida de prateleira desses alimentos embalados com o filme biodegradável. Analisando outros trabalhos pode-se perceber que o starter produzido com o chá verde, possui poder antioxidante frente a radicais livres, sendo as propriedades dependentes dos compostos produzidos na fermentação. Este não deve ser o único parâmetro a ser considerado no desenvolvimento de biofilmes, porém é um fator de relevância. Também observa-se em estudos que a atividade antioxidante pode ser dependente do tempo de fermentação, sendo a fermentação prolongada não recomendada devido ao acúmulo de ácidos orgânicos, prejudicando o potencial antioxidante para desenvolvimento de biofilmes com tais propriedades, porém outras análises e estudos devem ser feitos para a aplicação de starter do SCOBY como para uma futura elaboração de filmes biodegradáveis, além da possibilidade de elaboração de starter com o chá preto, ou combinação entre os chás preto e verde, visando um aumento no potencial antioxidante sendo um potencial estudo para o desenvolvimento de materiais de embalagens ecologicamente corretas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-11-16
Como Citar
MARIMON, M.; GONÇALVES DE OLIVEIRA, I.; CAROLINA JACQUES, A.; LUCAS AZEVEDO, M. DETERMINAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE PRESENTE NO STARTER DE KOMBUCHA VISANDO A PRODUÇÃO DE BIOFILMES. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 13, n. 3, 16 nov. 2021.