ESTUDO DAS CARACTERÍSTICAS ÓPTICAS E ESTRUTURAIS DO MOLIBDATO DE SÓDIO DIHIDRATADO NA2MOO4.2H2O

  • Fábio da Fonseca
  • Uhil Robson do Nascimento Antunes
  • Bruna Carvalho Antunes
  • Júlia Viana da Cunha
  • Wladimir Hernandez Flores
  • Eduardo Ceretta Moreira
Rótulo Molibdato, sódio, dihidratado, Difratograma, Espectroscopia, Estrutura, tetraédrica, Fase, ortorrômbica

Resumo

O molibdato de sódio dihidratado, Na2MoO4.2H2O, é um sal inorgânico precursor para a obtenção de óxido de molibdênio (MoO3), aplicado em dispositivos eletrocrômicos por possuir efeito cromógeno. O estudo objetivou caracterizar o material por meio de análise e interpretação de resultados gerados através de espectroscopias vibracionais Raman e infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), espectrofotometria de absorção UV-Vis e difração de raios X (DRX). As análises ocorreram em laboratórios do campus Bagé da Unipampa. A análise DRX foi feita em equipamento com geometria de Bragg-Brentano, com varredura de 10º a 80º. As medidas de espectroscopia Raman confocal foram realizadas na faixa espectral de 50 2500 cm-1, com laser de 785 nm e resolução de 3 cm-1. Para FTIR utilizou-se equipamento com resolução de 4 cm-1 e faixa espectral de 200-4000 cm-1. Na absorção UV-Vis foi preparada solução 0,1 mol.L-1 e utilizado espectrofotômetro com faixa de comprimento de onda de 190 1100 nm. Comparando o resultado de DRX com o previsto na literatura, a análise da amostra apresentou relativa concordância, denotando picos característicos do sistema cristalino ortorrômbico. A razão das diferenças de posições e intensidades dos picos é por se tratar de material hidratado, e com isso, haver efeitos cristalográficos distintos em diferentes análises. A espectroscopia Raman apresentou picos em 280, 325, 790, 830 e 884 cm-1 referentes aos modos vibracionais do íon tetraédrico molibdato com forte influência, devido às vibrações, na contagem de ondas no espectro Raman, em 280 e 325 cm-1 são modos referentes à dobra (curvatura) simétrica (ν2), em 790 e 830 cm-1 são modos referentes alongamento assimétrico (ν3), em 884 cm-1 é referente ao alongamento simétrico (ν1). FTIR apresentou bandas em 820, 858 e 893 cm-1 referentes às vibrações de alongamentos assimétricos (ν3) do íon tetraédrico molibdato e modo em 916 cm−1 corresponde à alongamento simétrico (ν1) do mesmo, além de outras bandas contabilizadas como vibrações de dobra de água (~1680 cm-1) e alongamento assimétrico (~3300 cm-1). O espectro UV-Vis apresentou comprimento de onda de absorção máxima em 284 nm, referente ao MoO42-, que é a espécie dominante no meio, concordando com a literatura. Por fim, as espectroscopias Raman e FTIR demonstraram serem complementares; as vibrações moleculares identificadas pelos números de ondas nas duas técnicas ajudaram a identificar a simetria da estrutura do Na2MoO4.2H2O, basicamente formada por tetraedros. Por DRX observou-se estrutura cristalina do sistema ortorrômbico, com planos definidos, confirmando sua identidade cristalográfica. Devido à complexidade formada por tetraedros MoO42- e a presença de água, algumas incoerências podem ocorrer e ocasionar instabilidade da estrutura cristalina. Os métodos foram satisfatórios para a caracterização óptica e estrutural do material demonstrando que este conjunto de análises podem ser úteis na caracterização de materiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-11-20
Como Citar
DA FONSECA, F.; ROBSON DO NASCIMENTO ANTUNES, U.; CARVALHO ANTUNES, B.; VIANA DA CUNHA, J.; HERNANDEZ FLORES, W.; CERETTA MOREIRA, E. ESTUDO DAS CARACTERÍSTICAS ÓPTICAS E ESTRUTURAIS DO MOLIBDATO DE SÓDIO DIHIDRATADO NA2MOO4.2H2O. Anais do Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão, v. 12, n. 2, 20 nov. 2020.